Lutador quebra o próprio braço ao tentar finalização

Em torneio realizado em Moscou, o lutador Igor Konstantinov quebrou seu braço por forçá-lo demais. Foto: (Reprodução/Redes Sociais)
Em torneio realizado em Moscou, o lutador Igor Konstantinov quebrou seu braço por forçá-lo demais. Foto: (Reprodução/Redes Sociais)

Imagens chocantes foram protagonizadas pelos lutadores russos Igor Konstantinov e Vasily Rudenko, que disputaram o MMA Series #54 em Moscou, no último final de semana, quando uma tentativa de Konstantinov de ajustar um "buggy choke", uma variação do triângulo, e finalizar Rudenko não deu certo e o autor do golpe acabou fraturando seu braço por forçar demais o movimento.

Dois ângulos diferentes capturaram o momento em que Konstantinov tenta finalizar seu adversário, mas acaba se lesionando e Vasily Rudenko vence a luta por nocaute técnico. Rudenko, inclusive, mal conseguiu comemorar a vitória dentro do octógono, pois ficou chocado com a lesão do seu adversário. Sua reação foi de colocar a mão no rosto, como se não acreditasse no que havia acontecido com ele segundos antes.

Leia também:

Boxeador faleceu após nocautes em treino na Nigéria

Alto, forte, jovem e promissor. Este era Miracle Amaeze, pugilista nigeriano de apenas 18 anos, que faleceu no último sábado durante um treinamento de boxe em sua cidade. O garoto teria sofrido dois nocautes durante a sessão de prática e, após a segunda ocasião, perdeu sua consciência, fazendo com que fosse necessário ser atendido por equipes médicas profissionais.

Assim que uma ambulância chegou ao local, para que Amaeze fosse levado ao hospital mais próximo e recebesse o atendimento completo, as informações começaram a ser difundidas nas redes sociais. O garoto, porém, não resistiu aos primeiros socorros e faleceu a caminho da instituição de saúde. As causas de sua morte ainda não foram divulgadas de forma oficial.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos