Lutador do UFC é levado à delegacia após agredir enfermeira

Paulo Borrachinha se envolveu em confusão em posto de vacinação em Minas Gerais. Foto: Buda Mendes/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Paulo Borrachinha se envolveu em confusão em posto de vacinação em Minas Gerais. Foto: Buda Mendes/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Conhecido por ser um dos grandes nomes brasileiros no UFC, o lutador Paulo Borrachinha se envolveu em confusão na última segunda-feira (30), em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O lutador 31 anos foi levado à delegacia para prestar esclarecimentos após, supostamente, ter acertado uma cotovelada em uma enfermeira, que teria negado o cartão de vacinação.

Leia também:

Segundo agentes da Guarda Municipal da cidade, enfermeiras apresentaram a versão que Paulo Henrique Costa chegou à sala destinada para aplicação de vacinas contra a Covid-19 pedindo para receber o imunizante.

"Foi realizado o preenchimento do cartão. As trabalhadoras contaram que, na hora da aplicação, ele não aceitou se vacinar, queria sair com o cartão e elas não aceitaram. Nesse momento, uma enfermeira levou uma cotovelada", contou o guarda municipal Marco Mota.

"Ele afirmou que tomou a vacina, mas as enfermeiras não deixaram ele sair com o cartão. Ele disse que gerou um estresse, ele pegou o cartão e saiu. Nesse momento, uma enfermeira o agarrou pelo braço e ele se desvencilhou. Ele não fala de cotovelada", detalhou o guarda.

Sem uma câmera instalada no local, a enfermeira conta que está com um inchaço nos lábios, mas que não precisou receber atendimento médico.

Após todos os envolvidos serem encaminhados à Delegacia de Plantão de Contagem, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou que a ocorrência foi recebida por meio da Central Estadual do Plantão Digital. Tanto o suspeito, de 31 anos, e a vítima, de 26 anos, foram levados à Delegacia de Plantão de Contagem, onde foram ouvidos.

A mulher representou criminalmente contra o lutador e assim foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), com as partes assumindo o compromisso de comparecer em audiência perante o Juizado Especial Criminal do município.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos