Lucas Verthein volta a defender o líder Botafogo pelo Estadual de Remo

Lucas Verthein junto com John Textor, dono do futebol do Botafogo (Foto: Divulgação)


Lucas Verthein está de volta. O atleta olímpico do Botafogo é uma das atrações da Regata deste domingo, a partir das 9h (de Brasília), na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, válida pela quinta etapa do Estadual de Remo. Ele disputará o 2 Sem ao lado de Uncas Tales, forte parceria para manter o Alvinegro no topo do quadro geral do campeonato.

O clube, inclusive, vem do título conquistado na quarta etapa, que contou pela primeira vez com a ilustre presença do executivo John Textor, dono do Botafogo.

Lucas, que na ocasião serviu de anfitrião e recebeu Textor para apresentá-lo ao Remo do Botafogo, disse que o americano ficou encantado com o ambiente e o clima competitivo do esporte, com o belo cenário com o Cristo Redentor ao fundo e, claro, com o título. Nesta etapa, o americano não estará presente, mas o remador espera que o final da história seja o mesmo. Sua prova será a nona da programação de domingo, prevista para as 10h45, que terá dois barcos do Botafogo e dois do Flamengo.

- Vou competir com o Uncas no 2 Sem, que é o barco com dois remadores, cada um com apenas um remo de cada lado. Diferentemente do Double Skiff, em que cada um rema com dois remos. O outro barco do Botafogo na raia virá com Pedro Henrique e Renato Cataldo, que foram os campeões do 2 Sem peso leve na última etapa e, agora, virão nessa categoria pesada. É uma estratégia de pontuação visando o campeonato - disse Verthein, atleta do Botafogo desde que iniciou no esporte, aos 14 anos.

No quadro geral do Estadual 2022, o Botafogo lidera com 17 pontos à frente do segundo colocado, o Flamengo (375 a 358). Só neste domingo serão 10 provas. Segundo Lucas, será “uma batalha acirrada que, provavelmente, só será definida na sexta e última etapa, no dia 16 de outubro”. Um momento crucial e importante para Lucas Verthein, já em fase de preparação para outra grande competição, só que a serviço do Brasil.

- Viajo para o Paraguai no dia 29 de setembro, para a disputa dos Jogos Sul-Americanos na categoria Single Skiff, a mesma em que representei o país nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Terei cinco dias de aclimatação lá até a prova do dia 5 de outubro, na qual vou enfrentar vários atletas que, como eu, estão se preparando para o Pan-Americano do ano que vem e para a Olimpíada de Paris. Mas é um passo de cada vez. Meu foco agora é dar o meu máximo no Estadual e ajudar o Botafogo, para, depois, voltar na imersão do Single Skiff e lutar pelo melhor resultado para o Brasil - afirmou.