Lucas Ribeiro ainda aguarda estrear sob o comando de Marquinhos Santos

Samuel Andrade/C2 Sports


Reforço de 2022 para a defesa do Ceará, Lucas Ribeiro chegou ao Vozão no início de ano, emprestado pelo TSG Hoffenheim, da Alemanha. Estreando com a camisa alvinegra na Copa do Nordeste, o zagueiro sofreu apenas dois gols na competição e permaneceu invicto por nove jogos consecutivos, entre o campeonato nordestino, Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Brasileirão. Com apenas uma derrota na temporada, o camisa 14 não teve mais oportunidades desde a saída do técnico Dorival Jr e chegada de Marquinhos Santos.

- VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO
AdChoicesPUBLICIDADE
Apresentado como novo treinador do Ceará em 14 de junho, há pouco mais de um mês, Marquinhos já esteve à frente do time em onze jogos e ainda não utilizou Lucas Ribeiro. Mesmo sem uma boa campanha no Campeonato Brasileiro e passando perto da zona de rebaixamento muitas vezes, o jovem vem sendo preterido. Entre os zagueiros do elenco, o camisa 14 é o segundo melhor em média de gols sofridos por jogo, com 0,6, atrás apenas de Messias, com 0,55. Em se tratando de gols marcados, Lucas Ribeiro também é um dos zagueiros com melhor média. Com o jogador em campo, o Vozão balançou a rede cerca de 1,7 vez por jogo, saindo vitorioso mais de 70% das vezes. Vale lembrar que Lucas Ribeiro marcou contra o atual campeão da Libertadores, Palmeiras, na primeira rodada da Série A e foi um dos melhores em campo, sendo um dos responsáveis pela vitória por 3 a 2.

No Brasileirão, Lucas Ribeiro ainda é o jogador da posição no time com maior porcentagem de passes certos (87,5%). Na competição, o camisa 14 soma 5 desarmes, 6 cortes, 4 interceptações e 11 divididas ganhas. O Ceará volta a campo no domingo (24), contra o Juventude.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos