Lucas Leiva voltará ao Grêmio 15 anos depois com status e grande responsabilidade

Reprodução


Restando apenas trâmites burocráticos para a efetivação do negócio envolvendo Lucas Leiva e Grêmio, já é possível apontar que o jogador de 35 anos de idade chega não apenas com o status de estrela por conta da trajetória europeia, mas também com a responsabilidade pela simbologia da temporada 2022 para o clube.

>Luva de Pedreiro desabafa nas redes e anuncia pausa nos vídeos

Tendo saído em 2007 na negociação com o Liverpool em ano onde o Tricolor chegou ao vice-campeonato da Libertadores sob o comando de Mano Menezes, Lucas construíu uma trajetória sólida tanto no clube inglês como, especialmente, na Lazio.

Levantando três taças pelo clube da capital italiana (duas edições de Supercopa e uma Copa da Itália) e tendo média de quase 40 partidas por temporada, Lucas Leiva sustentou o ritmo que envolve marcação e saída qualificada de jogo em características que vem sendo procuradas pelo técnico Roger Machado.

Apesar da melhora recente nos resultados que elevaram o Imortal novamente ao G4 da Série B, ter mais consistência nas atuações é ponto que causa as maiores críticas ao trabalho do atual treinador gremista.

Além do elemento técnico, a identificação do atleta com o clube é ponto de grande benefício no ano onde a ansiedade do torcedor para garantir o quanto antes a volta para a primeira divisão se tornará sentimento crescente ao longo dos meses.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos