Luís Castro lamenta virada sofrida pelo Botafogo, mas justifica: 'Procuramos o segundo gol'

Luís Castro explicou que colocou três zagueiros para dar mais liberdade aos atacantes e alas (Vítor Silva/Botafogo)


Após a derrota do Botafogo para o Goiás, por 2 a 1, no Nilton Santos, o técnico Luís Castro teve que dar explicações, principalmente pelo jeito que o time perdeu, de virada. O treinador argumentou que o time buscou o segundo gol para garantir o resultado, mas a equipe não conseguiu neutralizar os contra-ataques do adversário.

+ ATUAÇÕES: Saravia recebe a pior nota do Botafogo

- Nossa maior dificuldade foi no meio do segundo tempo. Tivemos dificuldade em segurar os ataques rápidos do Goiás. Procuramos o segundo gol, não queríamos abdicar do segundo gol. Não queríamos nos sentir dominados. Permitimos alguns contra-ataques que no primeiro tempo não estávamos permitindo.

+ Veja a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Apesar da derrota, Luís Castro destacou que viu coisas boas no Botafogo, principalmente no aspecto ofensivo.

- Buscamos constantemente o gol. Tivemos o meio-campo chegando, construção em três e o Hugo pela esquerda, ficávamos com dois jogadores atrás do Erison, Victor Sá e Lucas Fernandes.

O Botafogo volta a jogar na quinta-feira, às 19h, contra o Palmeiras, no Allianz Parque, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso soma 12 pontos e está na 10ª posição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos