Luís Castro inicia semana 'aliviado' para trabalhar no Botafogo após vitória


Há muito tempo que o Botafogo não sabia a sensação de uma semana pós-vitória. O Alvinegro superou um jejum de 43 dias e reencontrou o caminho dos triunfos no 3 a 1 diante do Fortaleza, no último domingo. O resultado, consequentemente, deve refletir - de forma positiva - em Luís Castro.

+ Botafogo faz proposta de pré-contrato a Rodinei, do Flamengo

O treinador passava por pressão externa vinda de parte considerável dos torcedores. Apesar de ter respaldo de parte totalitária da diretoria e nunca ter balançado no cargo, o português era um dos maiores alvos dos botafoguenses nas arquibancadas.

O resultado fez o clima mudar, tanto que sete mil ingressos para o jogo contra o América-MG, no próximo domingo, foram adquiridos em menos de cinco horas. A procura por bilhetes já é a maior dos últimos meses.

A tranquilidade para o trabalho também deve 'aparecer' - em uma maior parte, é verdade - da parte externa para Luís Castro. O técnico comemorou a vitória contra o Fortaleza ressaltando o sentimento do projeto que tem sido construído.

- O primeiro sentimento é de que o trabalho compensa, a dedicação compensa, a persistência compensa, não desviar do caminho compensa, acreditar sempre compensa... Acreditar no meu trabalho, no trabalho dos jogadores, no trabalho de quem me envolve compensa. Esse foi o meu primeiro sentimento, de "valeu a pena". E vale a pena trabalhar todos os dias determinado - afirmou Luís Castro, após a partida contra o Fortaleza.