Luís Castro diz que derrota do Botafogo foi injusta e vê melhorias no time: 'Trouxe respostas positivas'

Luís Castro gostou do desempenho do Botafogo diante do Flameng apesar do revés (Vítor Silva/Botafogo)


Apesar de ter tido uma semana inteira de treinamentos, o Botafogo não conseguiu sair de campo com os três pontos. No entanto, de acordo com a visão de Luís Castro, o Alvinegro não mereceu ser derrotado por 1 a 0 pelo Flamengo e mostrou evolução tendo profundidade e sendo agressiva com Jeffinho.

- A equipe confirmou em campo a semana de trabalho. Tínhamos abordado vários temas importantes, a equipe se mostrou muito consciente e trouxe respostas positivas. O primeiro tempo evidencia mais isso, dominamos, conseguimos pressionar alto, criamos situações. Infelizmente, no futebol nem sempre o resultado acompanha o merecimento - frisou:

- No segundo tempo, o jogo foi mais equilibrado. Alguns jogadores nossos começaram a cair de produção por cansaço físico. Quem pressiona alto costuma ter esse desgaste - disse o treinador, e em seguida acrescentou:

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

- Jogamos dos dois lados do campo, tivemos profundidade, fomos agressivos com o Jeffinho. O gol aconteceu em um desajuste que é normal em uma linha nova. Nos levou a uma derrota, na nossa opinião, que não foi justa. O empate seria mais justo. Só que não há justiça no futebol - completou.

Com o resultado, o Glorioso estacionou nos 27 pontos - dois à frente do Cuiabá - primeira equipe presente na zona de rebaixamento. O time necessita encontrar o equilíbrio e a identidade para não sofrer na reta final da competição e finlizar o ano com tranquilidade.

+ ATUAÇÕES: Defensores falham, comprometem desempenho do Botafogo e recebem as piores notas


O Botafogo volta a campo no próximo domingo, dia 4, às 16h, para medir forças com o Fortaleza, no Castelão. O jogo será válido pela 25ª rodada do Brasileirão, e a equipe terá mais uma semana livre para treinar e se preparar.