Liverpool vence Manchester City (3-1) e conquista Community Shield

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Liverpool começou a temporada com o pé direito conquistando a Community Shield (a Supercopa inglesa) ao vencer o Manchester City (3-1) em Leicester.

Disputado de forma excepcional em Leicester devido à final da Eurocopa feminina em Wembley neste domingo, o jogo não tem por que ser significativo em relação ao rendimento dos dois times ao longo da temporada.

Os 'Reds', que ficaram a um ponto dos 'Citizens' na Premier League na temporada passada, abriram o placar por meio de Trent Alexander-Arnold aos 21 minutos de jogo, antes de o argentino Julián Álvarez empatar a 20 minutos do final.

Mas um pênalti convertido por Mohamed Salah (83) e um gol de cabeça do uruguaio Darwin Núñez (90+3) deram o título aos jogadores comandados por Jurgen Klopp.

"Ele é bom", disse Klopp sobre Núñez, que foi criticado por suas atuações na pré-temporada.

"Hoje fizemos os passes inteligentes. Vimos Darwin em situações perigosas. Ele usou os espaços e finalizou bem também. Todas as substituições fizeram uma grande diferença. Foi a coisa mais importante que aprendi hoje: que os meninos estão prontos".

O astro norueguês Erling Haaland teve um gol anulado nos acréscimos, pouco antes de Núñez marcar o terceiro dos Reds.

O Liverpool não conquistava a Community Shield, equivalente à Supercopa, desde 2006, enquanto o uruguaio Darwin Núñez marcou seu primeiro gol como 'Red' em uma partida oficial.

A questão em torno da adaptação de Haaland ao futebol inglês e particularmente ao estilo de jogo do Manchester City será um ponto chave para a temporada dos atuais campeões ingleses.

Apesar de passar em branco neste sábado, a atuação do jovem artilheiro norueguês foi animadora, tendo em vista o entrosamento que já mostrou ter com seus companheiros.

"É bom para ele ver a realidade do novo país, da nova liga", disse o técnico do City, Pep Guardiola sobre essa primeira experiência de Haaland.

"Ele estava lá. Hoje ele não marcou - outro dia ele vai marcar".

- Núñez e Salah decisivos -

Já os 'Reds' puderam comemorar o primeiro gol oficial do uruguaio Darwin Núñez, que neste verão se tornou a contratação mais cara de sua história, por quase 100 milhões de dólares.

O ex-jogador do Benfica começou o jogo no banco, e substituiu o brasileiro Roberto Firmino no segundo tempo (60). Foi no final de uma boa jogada entre Thiago Alcântara e Mohamed Salah, cujo cruzamento primeiro encontrou a cabeça de Robertson e depois a do uruguaio, que mergulhou para fazer 3-1 (90+4).

O gol acabou com as esperanças do City de empatar, em uma partida que foi disputada em ritmo alucinante.

Os 'Reds' abriram o placar através de um chute certeiro de Trent Alexander-Arnold, após receber um passe de Salah, que bateu na trave antes de superar o goleiro brasileiro Ederson (21).

O egípcio que finalmente renovou seu contrato com o clube de Anfield há algumas semanas, marcou um gol de pênalti - causado por uma cabeçada de Núñez desviada com a mão por Ruben Dias - para colocar seu time à frente na reta final da partida (83).

Antes, foi Julián Álvarez, outro reforço do City, que havia empatado aos 70 minutos.

Esta primeira Community Shield da era Jürgen Klopp lança o que promete ser um duelo acirrado entre os dois melhores times ingleses, que parecem jogar em um nível mais alto que os demais

- Os dez últimos campeões da Community Shield:

2022: Liverpool (3-1 contra o Manchester City)

2021: Leicester (1-0 contra o Manchester City)

2020: Arsenal (1-1, 5-4 nos pênaltis contra o Liverpool)

2019: Manchester City (1-1 e 5-4 nos pênaltis contra o Liverpool)

2018: Manchester City (2-0 contra o Chelsea 2-0)

2017: Arsenal (1-1 e 4-1 nos pênaltis contra o Chelsea)

2016: Manchester United (2-1 contra o Leicester)

2015: Arsenal (1-0 contra o Chelsea 1-0)

2014: Arsenal (3-0 contra o Manchester City)

2013: Manchester United (2-0 contra o Wigan)

- Times mais vezes campeões:

21 títulos: Manchester United (4 divididos)

16 títulos: Arsenal (1 dividido), Liverpool (5 divididos)

9 títulos: Everton (1 dividido)

7 títulos: Tottenham (3 divididos)

6 títulos: Manchester City

4 títulos: Chelsea, Wolverhampton (3 divididos)

2 títulos: Leeds, Leicester, West Bromwich Albion (1 dividido), Burnley (1 dividido)

1 título: Newcastle, Brighton, Blackburn, Huddersfield, Cardiff, Shieffield Wednesday, Sunderland, Bolton, Derby, Nottingham Forest

1 título dividido: Portsmouth, West Ham, Aston Villa

Obs.: alguns títulos, nos anos 1980 e início dos anos 1990, eram divididos quando o jogo terminava empatado.

hap-mve/bpa/iga/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos