Lisca elogia sinceridade de John e deixa futuro do goleiro em aberto

Lisca elogiou comportamento do goleiro John, que pode sair do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


John não ficou no banco de reservas do empate contra o Fortaleza, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. O Santos recebeu uma proposta do São Paulo pelo goleiro e uma consulta do Botafogo. Por conta dessas negociações, ele pediu para não viajar.

Próximo do início do jogo, o Peixe confirmou que recusou uma oferta pelo goleiro. O clube informou em nota que entende que o atleta queira atuar, mas avaliou a oferta como baixa para o seu valor de mercado e a recusou prontamente. Lisca, após o jogo, falou sobre a situação.

"Pela experiência que eu tenho, desenvolvi compaixão como sentimento. É muito importante entender jogador e eu não prendo ninguém. Ninguém é insubstituível. Se a proposta é boa, não é o Lisca que prenderá. É a diretoria quem decide e vou trabalhar com quem tenho à disposição. Vocês não vão me ver reclamando de reforços. Confio muito nesse grupo. Eu vou valorizar os que estão aqui e não vou falar o que falta. Eles escutam tudo e depois me cobram", disse.

Com João Paulo titular, John é a segunda opção no Peixe. A última participação no gol santista foi no clássico contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, João Paulo estava suspenso. Em outro jogo, contra a Universidad de Quito, no Equador, pela Copa Sul-Americana, também foi titular. Ele não sofreu jogos em nenhum dos dois jogos. Ao todo, são 29 jogos no profissional.

"Falei com o Arzul e gostei muito do Paulo também, menino dinâmico, técnico e corajoso. Quem não estiver no Santos, boa sorte e seja feliz. Se o John voltar, será muito bem-vindo. Considero mais ainda ele por ser verdadeiro e falar o sentimento dele. É difícil falar a verdade para o treinador. Abriu o coração com lealdade, foi muito correto e respeito demais ele. Já falou comigo três vezes. Antes eu ficava bravo, mas a vida é assim. Outros jogadores receberam propostas. Essa janela que a CBF está uma loucura", completa Lisca.

O DIÁRIO DO PEIXE apurou que as conversas entre o time santista e o São Paulo eram para uma possível venda. Necessitado de um jogador para posição, o time da capital paulista não pretende desistir e deve fazer uma nova oferta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos