Lisca critica e diz que logística do Santos até Fortaleza 'foi gincana'

Lisca tem o desafio de melhorar o aproveitamento do Santos como visitante (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


O técnico Lisca elogiou o segundo tempo do Santos no empate em 0 a 0 contra o Fortaleza. Mas, apesar disso, o treinador ficou insatisfeito por outro motivo: a preparação da equipe para o confronto.


Citando o astro mundial do basquete, LeBron, o treinador apontou erros desde o fim do confronto na vitória contra o Botafogo, na quarta-feira passada, passando pelo hotel e preparação no local do jogo. Lisca não ficou satisfeito e cobrou melhorias.

- Começamos errado na quarta-feira depois do jogo contra o Botafogo. A recuperação não pode ser na quinta-feira pela manhã. O sono é o maior recuperador que o jogador pode ter. O LeBron James dorme 12 horas por dia. Dormem para recuperar, parecem ursos hibernados. Não podemos terminar jogo 0h e recuperar de manhã. Temos que dormir e recuperar às 15h. Santos tem equipe multidisciplinar muito competente. Mas eu não podia mudar tudo na chegada. Mas eu assustei - falou o técnico, que continuou.

- Eu trabalhei aqui, saímos 14h e chegamos no hotel em Fortaleza 22h30. Na quarta-feira, pedi para o Diogo [Castro, coordenador de logística, para vir antes], mas tinha o Fortaleza aqui. Nosso hotel estava lotado. Só tinha gente de abadá entrando e saindo para festa. Nós trabalhando e eles bebendo. Não conseguimos voo e hotel. Eu me desesperei. Minha estreia, pô. Estávamos sem Maicon, perdendo zagueiro. Trouxe o Jair, mas tomou remédio e não podia jogar. Foi uma gincana. Vamos melhorar. Se não pudermos vir dois dias antes e sacrificar um pouco, estamos no clube errado. Santos é um gigante e tem que se preparar bem para as partidas, priorizando recuperação - disse o treinador.

- São detalhes que fazem diferença. Podemos perder um reino por causa do prego da ferradura do cavalo. O mensageiro não chega e, sem a mensagem... Pequenos detalhes são fundamentais e pecamos muito nessa viagem. E não vai se repetir, torcedor do Santos, eu prometo. Jogador gosta de vir um dia antes, mas vamos mudar essa cultura e a recuperação também - completou.

Agora, o técnico Lisca, que chegou ao Peixe na quinta-feira (21), terá uma semana completa para se preparar para o confronto contra o Fluminense, na Vila Belmiro, na segunda-feira (1). O jogo será válido pela abertura do returno do Campeonato Brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos