Linha do Tempo: Diretoria do Grêmio banca Roger Machado, volta atrás e anuncia Renato Gaúcho


O Grêmio oficializou, na noite desta quinta-feira, a demissão do técnico Roger Machado e anunciou a chegada de Renato Gaúcho para o comando do time. Recentemente, porém, o presidente Romildo Bolzan havia confirmado a permanência de Machado no cargo. Confira a seguir uma linha do tempo das mudanças no futebol do Imortal.

+ Veja a tabela da Série B e simule os resultados dos jogos

Sexta-feira (26/8) - Com uma sequência de três jogos sem vitórias, o Gremio perde, em casa, para o Ituano, por 1 a 0. A torcida pede Renato Gaúcho da arquibancada, mas Roger Machado é bancado pela direção tricolor. O presidente Romildo Bolzan garantiu a permanência:

- Vamos segurar as pontas aqui e conquistar o acesso. Pode ser mais difícil, mas temos que entender que o processo que é feito é suficiente para o retorno.

Terça-feira (30/08) - Mais uma derrota gremista. Jogando fora de casa, o Criciúma dominou e venceu o Grêmio, por 2 a 0. Novamente, a torcida pede o nome de Renato, mas executivos do Tricolor seguem firmes na ideia de manter Roger Machado. Em entrevista à "Rádio Gaúcha", o dirigente afirmou:

- Roger será o treinador a nos levar para a Primeira Divisão.

Palmeiras x Grêmio - Renato Portaluppi
Palmeiras x Grêmio - Renato Portaluppi

Renato está de volta ao Grêmio (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Quarta-feira (31/08) - Quem também garantiu a permanência de Roger Machado foi o vice-presidente de futebol do clube, Denis Abrahão, que também acabou demitido nesta quinta:

- Não tem reunião (para falar sobre comissão técnica). É reunião de mobilização. Já estamos pensando no jogo de sexta-feira, que é muito difícil contra o Vila Nova.

Quinta-feira (01/09) - Os jogadores se reapresentaram e foram comandado por Roger Machado, que treinou a equipe normalmente. O técnico, inclusive, selecionou os atletas relacionados para o jogo contra o Vila Nova.

Contudo, próximo às 20h, executivos do Grêmio realizaram uma reunião sobre a comissão técnica do clube e optaram pela demissão de Roger Machado e seus auxiliares. Além disso, anunciaram a contratação de Renato Gaúcho.