Liga Forte Futebol do Brasil conta com a adesão do Internacional

(Foto: Divulgação)


O Internacional aderiu à Liga Forte Futebol do Brasil, nova entidade de clubes do futebol brasileiro. O acordo, que conta com a participação de mais 24 clubes, foi selado no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (29).

>Por onde andam os jogadores da conquista do penta pela Seleção

Além do Colorado, Athletico-PR, Atlético-MG, América-MG, Atlético-GO, Avaí, Brusque, Chapecoense, Coritiba, Ceará, Criciúma, CRB, CSA, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Internacional, Juventude, Londrina, Náutico, Operário, Sampaio Corrêa, Sport, Vila Nova e Tombense também aderiram ao projeto.

Segundo os membros da liga, os times integrantes do movimento almejam promover debates para o desenvolvimento do Brasileirão e a ampliação de receitas para todas as equipes. Com 62,5% de apoio entre os clubes das séries A e B, o contrato visa reorganizar a divisão financeira do principal torneio nacional a partir de 2025, uma vez que os atuais contratos de transmissão valem até 2024.

Guilherme Mallet, Vice-Presidente Jurídico do Internacional, destacou a importância da medida como forma de evolução para o esporte no país onde, no aspecto do diálogo, a primeira impressão é bastante positiva:

- Foi dado um passo importante para o desenvolvimento do futebol brasileiro com o protagonismo dos clubes. Conseguimos chegar a um consenso de modelo inicial de governança para avançar na formalização da Liga e, a partir disso, buscar a adesão de outras agremiações e desenvolver os modelos de acordos comerciais. Temos muito trabalho a ser feito, porém o bom diálogo entre todas as partes nos deixa otimistas.

As agremiações que integram a Liga Forte Futebol se opõem às condições oferecidas pela Libra (Liga do Futebol Brasileiro), projeto formado por Botafogo, Bragantino, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Guarani, Ituano, Novorizontino, Palmeiras, Ponte Preta, Santos, São Paulo e Vasco.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos