Libertadores: Com opções, Dorival Júnior define time do Flamengo para enfrentar o Vélez nesta terça-feira


O treino desta terça, no Ninho do Urubu, será decisivo para Dorival Júnior, que definirá a equipe do Flamengo a enfrentar o Vélez Sarsfield (ARG) na partida de volta da semifinal da Libertadores. Para o jogo no Maracanã, de quarta-feira, o treinador tem escolhas a fazer, como o parceiro de Pedro no ataque e o substituto de Thiago Maia.

ATAQUE: QUEM SUBSTITUI GABIGOL?

Por estar pendurado com dois cartões amarelos e o Flamengo ter a vaga na decisão da Libertadores encaminhada, Gabigol sequer será relacionado para a partida contra o Vélez. Assim, alguns nomes são cotados para formar o ataque com Pedro. Everton Cebolinha é quem surge como principal candidato, com Marinho "correndo por fora".

São atletas de características diferentes e que fazem funções distintas do camisa 9, mas não há, no elenco, um atleta parecido a Gabi. Então, a circunstância obrigará Dorival Júnior a montar um ataque inédito.

João Gomes e Everton Cebolinha
João Gomes e Everton Cebolinha

João Gomes e Cebolinha no treino do Fla (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

MEIO DE CAMPO COM MUDANÇAS

A situação de Thiago Maia é a mesma de Gabigol: o volante está pendurado e não será relacionado pela comissão técnica. Assim, o chileno Vidal atuará ao lado do volante João Gomes e dos meias Everton Ribeiro e Arrascaeta. O uruguaio, preservado no jogo contra o Ceará, trabalhou normalmente com o grupo e está confirmado.

DEFESA: COM DESFALQUES, MAS SEM DÚVIDAS

Na linha defensiva, Dorival não terá os dois zagueiros titulares: David Luiz e Léo Pereira estão suspensos. Neste setor, porém, o técnico não tem dúvidas. Os substitutos serão Fabrício Bruno e Pablo, que formarão a linha defensiva com os laterais Rodinei e Filipe Luís.

Esta é a tendência já que o departamento de futebol tem priorizado as Copas em relação ao Campeonato Brasileiro, e Dorival Júnior deixou claro que não mudará a estratégia. Com "base na ciência", conforme Marcos Braz afirmou ao LANCE!, as decisões são tomadas pela comissão técnica e os jogadores são avaliados individualmente.

Não será diferente para a partida desta quarta-feira, contra o Vélez.