Lewis Hamilton recebe título honorário de cidadão brasileiro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Lewis Hamilton segura bandeira do Brasil após vencer GP em Interlagos
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) - O heptacampeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton se tornou cidadão honorário do Brasil nesta quinta-feira, com a aprovação de um projeto de lei pela Câmara dos Deputados.

A medida foi proposta pelo deputado André Figueiredo (PDT-CE) após o Grande Prêmio do Brasil do ano passado, quando o piloto britânico levantou uma bandeira brasileira ao vencer a prova no circuito de Interlagos, em São Paulo.

Hamilton apoiou a medida em abril, quando visitou São Paulo e fez um discurso em um evento focado em transformação digital e empresarial, dizendo que ficaria honrado em receber o título.

O piloto comemorou o título com uma publicação no Instagram. "Sem palavras! Hoje eu virei cidadão honorário de um dos meus lugares favoritos no mundo. Eu não sei nem o que dizer agora. Obrigado Brasil. Amo vocês, não vejo a hora de ver vocês de novo", disse o britânico, em texto publicado em inglês e português.

A Câmara fará agora uma sessão solene para entregar a cidadania honorária ao piloto de 37 anos. A data ainda não foi marcada.

Figueiredo elogiou o piloto da Mercedes por sua celebração ao país no ano passado e apontou que ele sempre considerou o tricampeão da categoria Ayrton Senna como seu ídolo de infância.

O deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR) disse em seu relatório que Hamilton tem uma relação "profunda e emocionalmente forte" com o Brasil e que a homenagem é merecida.

“A proximidade de Hamilton com esses gestos somam-se a seu indiscutível mérito desportivo... Suas posições públicas em defesa de relevantes pautas, como o meio ambiente, defesa dos animais, direitos dos negros, das mulheres e diversos temas dos direitos humanos devem ser lembrados e ressaltados”, disse o deputado.

A votação no Congresso foi simbólica, e o debate durou cerca de 10 minutos. Alguns membros do Congresso, no entanto, receberam o projeto com críticas.

“Reconheço os feitos do piloto Lewis Hamilton, todas as suas vitórias na Fórmula 1... (Mas) esse projeto deixa claro, para mim, que infelizmente nós não estamos tendo prioridade no Congresso Nacional para poder realmente endereçar os problemas estruturais da população brasileira.”, afirmou o deputado Tiago Mitraud (Novo-MG).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos