Lesionado, Pogba deve voltar só em janeiro, diz técnico da Juventus

O meia Paul Pogba no estádio antes da partida entre Juventus e Spezia Calcio.

(Reuters) - O meia da Juventus Paul Pogba pode não voltar aos gramados pela equipe italiana até o mês de janeiro do ano que vem, devido a uma lesão no joelho para a qual ele precisará de cirurgia, afirmou o técnico Massimiliano Allegri nesta segunda-feira, projetando dúvidas sobre a participação do jogador francês na Copa do Mundo.

No mês passado, Pogba decidiu não fazer a cirurgia depois de danificar seu menisco no treinamento após o retorno à Juve do Manchester United no final da última temporada, mas Allegri disse que as circunstâncias mudaram depois que ele tentou treinar novamente.

"Esta manhã ele treinou pela segunda vez, mas depois parou, e foi então decidido que ele passará por uma cirurgia. Sendo realista, nós o teremos de volta em janeiro", disse Allegri a jornalistas antes do confronto de terça-feira pela Liga dos Campeões contra o Paris St Germain.

Allegri disse não ter certeza se Pogba, de 29 anos, estaria pronto para a campanha de defesa do título mundial com a seleção francesa, entre 21 de novembro e 18 de dezembro na Copa do Mundo no Catar, e acrescentou: "A Copa do Mundo não é problema meu, o problema da Juventus é que ele volta em janeiro".

Pogba foi fundamental na vitória da França na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, marcando na final vencida contra a Croácia por 4 a 2 para erguer a taça após vinte anos. Ele marcou 11 gols em 91 jogos pela seleção francesa.

(Reportagem de Rohith Nair em Bengaluru)

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS PB