Leila Pereira fala sobre saída de Veron do Palmeiras e justifica valores: 'Foi o futebol dele hoje'

Leila Pereira falou sobre a venda de Gabriel Veron ao Porto, de Portugal (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Em reunião na CBF, Leila Pereira comentou sobre a venda de Gabriel Veron ao Porto, de Portugal. A presidente do Palmeiras justificou a saída do jovem atleta pelo valor de 10 milhões de euros (R$ 55,4 milhões), questionado por muitos palmeirenses.

GALERIA

> Veja 16 nomes com passagem pela Seleção que estão no mercado

TABELA

> Clique e confira a tabela completa e simulador do Brasileirão!

- Se ele pudesse ter sido vendido por mais, pode ter certeza absoluta que seria vendido. Jamais prejudicaria um ativo do Palmeiras. O Veron foi vendido pelo valor dele hoje. Que o futebol é hoje. O que foi há dois anos e meio, meu caro, eu já tive 20 anos, não tenho mais. O que interessa é hoje, ganho campeonato hoje, vendo hoje. Se no passado ele valia mais, ele não estava à venda. O valor dele é esse. Daqui um ou dois anos, pode ser outro. A gente tem que avaliar o mercado atual - afirmou a mandatária, em coletiva transmitida pela ESPN.

Após algumas lesões, o jogador estava voltando a recuperar a boa sequência sob o comando de Abel Ferreira, que sempre teve como princípio apostar na base.

- Há dois anos e meio, fomos campeões mundiais com o Sub-17, ele foi eleito o melhor jogador, isso valoriza, óbvio. Hoje, em virtude de lesões, de não ter participado de muitos jogos, uma vida extracampo difícil, o melhor para o Palmeiras e para o atleta foi negociá-lo, não tenho dúvida. Torço para que ele faça muito sucesso na Europa e que retome esses valores que vocês da imprensa pensam que ele vale - prosseguiu.

Veron deixou o Palmeiras com 97 partidas pela equipe profissional, com 14 gols marcados e seis títulos conquistados, sendo duas Libertadores (2020 e 2021), uma Copa do Brasil (2020), dois Paulistões (2020 e 2022) e uma Recopa Sul-Americana (2022).

Sobre possíveis novas contratações, Leila Pereira foi ‘direta e reta’. Segundo a presidente, a prioridade do Verdão seguirá sendo a responsabilidade esportiva.

- O Palmeiras está sempre aberto a oportunidades. Estamos em busca de reforços para o nosso time ficar cada vez mais forte. Temos de ter responsabilidade financeira, mas nossa prioridade sempre é a esportiva. O Palmeiras está aqui para conquistar títulos, é só o VAR não nos prejudicar novamente (risos) - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos