Leclerc supera Red Bulls no primeiro dia de treinos livres do GP do Azerbaijão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Às margens do Mar Cáspio e aos pés das antigas muralhas da velha cidade, Charles Leclerc marcou o melhor tempo nas duas primeiras sessões de treinos livres do Grande Prêmio do Azerbaijão, nas ruas de Baku.

Na oitava das 22 provas do campeonato mundial de Fórmula 1, ao volante de sua Ferrari, Leclerc respondeu perfeitamente ao desafio lançado pela Red Bull do mexicano Sergio Pérez e do holandês Max Verstappen.

O exigente circuito de rua, uma boa combinação de longas retas e curvas fechadas, estava exposto ao vento no início da tarde durante as duas sessões, colocando à prova os carros com muitos saltos na reta mais longa (2km).

"Sim, sofremos, especialmente nas freadas. Pode ser complicado frear com esses buracos", disse Sergio Pérez, autor do melhor tempo da primeira sessão.

Duas semanas depois do "verdadeiro desastre" da sua quarta posição em casa, durante o Grande Prémio de Mônaco, Leclerc parece ainda ter a boa fórmula nas provas cronometradas, depois de ter conseguido três pole positions consecutivas em Miami (Flórida), Montmeló (Espanha) e Mônaco.

O único pequeno alerta são os problemas com o motor apontados por Leclerc aos seus engenheiros no final da segunda sessão de treinos livres, para aguardar a classificação no sábado à tarde e a corrida no domingo.

- Pérez à frente de Verstappen -

Na manhã desta sexta-feira, ele registrou o segundo melhor tempo nos treinos livres, pouco mais de um décimo de segundo atrás de Pérez, antes de se estabelecer rapidamente no comando da segunda sessão.

Ele fez a volta mais rápida em 1 minuto 45 segundos e 224 milésimos, mais de 2 décimos de segundo mais rápido que Pérez (+0,248).

"Havia muitas coisas para analisar depois de Mônaco, onde cometemos muitos erros. O que me dá confiança para continuar é que encontramos as razões para esses erros. É uma coisa boa para o futuro", comemorou Charles Leclerc.

Autor de cinco pole positions em sete possíveis nesta temporada, ele será o favorito para voltar ao topo do grid durante a classificação, que acontecerá na tarde deste sábado.

Na Red Bull, Sergio Pérez confirmou que vive um excelente momento. Vencedor do GP de Mônaco há duas semanas e com o contrato renovado até 2024 com a equipe, o mexicano foi mais rápido que seu companheiro de equipe Max Verstappen durante as duas sessões de treinos livres.

"Foi um bom dia. A segunda sessão de treinos livres não foi tão boa quanto gostaríamos", disse Pérez.

"Parece que as Ferraris são muito rápidas em uma volta. Em uma longa série de voltas, parece mais equilibrado, é positivo. No geral, não foi um dia ruim, apenas temos que encontrar pequenos ajustes", explicou Verstappen.

Após uma última sessão de treinos livres na tarde de sábado (8h00, horário de Brasília), a classificação está marcada para três horas depois (11h00).

Com seu Alpine, o veterano espanhol Fernando Alonso conseguiu se esgueirar entre os quatro primeiros das duas sessões de treinos livres, à frente da Ferrari de seu compatriota Carlos Sainz Jr.

nr-tba/dam/mcd/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos