Leclerc, da Ferrari, vence GP da Áustria após susto no final

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - Charles Leclerc sobreviveu a um susto no final do acelerador para vencer o Grande Prêmio da Áustria pela Ferrari neste domingo e voltar a ser o rival mais próximo do líder do campeonato mundial de Fórmula 1, Max Verstappen.

Verstappen, da Red Bull, teve de se contentar com o segundo lugar, com uma vantagem confortável de 38 pontos sobre o monegasco após 11 de 22 corridas.

O heptacampeão mundial da Mercedes, Lewis Hamilton, completou o pódio pela terceira corrida consecutiva.

"Eu estava com medo. Eu estava realmente com medo", disse um aliviado Leclerc pelo rádio da equipe depois de receber a bandeira quadriculada no Red Bull Ring com Verstappen em seus espelhos e um segundo e meio atrás.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos