Latifi deixará Williams no final da temporada 2022

O piloto canadense de 27 anos Nicholas Latifi deixará a Williams no final da temporada 2022, depois de três anos na Fórmula 1, anunciou nesta sexta-feira a escuderia britânica.

A Williams, que já tinha confirmado a continuidade para 2023 de seu outro piloto titular, o tailandês Alexander Albon, ainda não anunciou o substituto de Latifi.

Na Fórmula 1 desde 2020, o canadense nunca conseguiu grande destaque. Em 55 Grandes Prêmios, conseguiu apenas sete pontos, embora não tenha contado com um grande carro. Seu melhor resultado é uma sétima posição na etapa da Hungria em 2021, onde tirou proveito de uma corrida caótica com seis abandonos.

Latifi terminou em 21º o Mundial de 2020, em 17º em 2021 e na atual temporada é o 21º, atrás do holandês Nyck de Vries, piloto reserva da Williams que disputou apenas uma corrida.

Nicholas Latifi chegou à equipe junto com o patrocínio do grupo agroalimentar canadense Sofina, que pertence a seu pai, o milionário Michael Latifi.

A imprensa especializada aponta que a Williams pode confiar em De Vries para substituir o canadense, mas o holandês também atraiu o interesse de Alpine e AlphaTauri para 2023.

A equipe britânica pode também optar pelo americano de 21 anos Logan Sargeant, que faz parte de sua academia de jovens e que corre na Fórmula 2 nesta temporada.

ole/dam/cb