Líbero relembra emoção de estreia pelo Brasil e projeta mundial de vôlei

Maique comemora ponto no Mundial, em 2018 (Foto: Arquivo/FIVB)


De olho no mundial de vôlei, que será disputado na Eslovênia e na Polônia, a Seleção Brasileira treina e realiza os últimos ajustes em território francês. Convocado para a competição pela segunda vez, o lídero Maique contou sobre a emoção da estreia, que terminou no vice-campeonato em 2018.

+ Neymar repete comemoração de Curry, e estrelas interagem na web

- Foi um campeonato que não esperava jogar. Estava ali par ganhar experiência, ajudar a equipe no treinamento, me acostumar com a rotina de seleção. De repente, eu estava dentro de quadra para defender, fazer o meu trabalho e conquistar a confiança do Renan e da comissão técnica. Foi muito especial não só por estar no Campeonato Mundial, mas por poder sentir a energia de disputar uma final - disse, antes de completar:

- Poder jogar o Mundial mais uma vez é muito importante para a minha carreira. Cada campeonato que passa é um aprendizado a mais, uma experiência que eu ganho. Em 2018, tudo aconteceu muito rápido. A medalha de prata teve um sabor de ouro para a equipe toda, mas, principalmente, para mim por ter sido a minha primeira competição para a seleção principal. Ser vice-campeão mundial, com 21 anos, foi um sonho - analisou.

+ Mercado fechado: confira o balanço da janela de transferências do Corinthians

Com a grande performance na edição de 2018, Maique se tornou nome certo nas convocações da Seleção Brasileira. No entanto, ele acabou ficando de fora dos Jogos de Tóquio. Focado na nova oportunidade, o líbero projetou o Mundial e falou sobre os companheiros.

- A gente tem trabalhado muito. Estudamos os nossos jogos na Liga das Nações para ver quais os aspectos temos de melhorar e quais os que devemos manter. A gente sabia que iria passar por dificuldades no campeonato, até porque o grupo está passando por um processo de renovação. Ainda estamos buscando uma identidade para o grupo, mas a gente espera fazer um bom Mundial e trazer o título. Este é o nosso foco e a nossa meta - finalizou.

+ Veja a tabela da primeira fase do Mundial de vôlei masculino

O Brasil estreia na competição no dia 26 de agosto, contra Cuba, às 6h (de Brasília). Depois, duelos diante de Japão e Qatar, nos dias 28 e 30, respectivamente, completam a primeira fase. O mundial de vôlei será transmitido pelos Canais SporTV.