Lédio Carmona elogia Ronaldo no Cruzeiro, mas pondera: 'Não foi milagreiro'

Ronaldo comemorou acesso do Cruzeiro com a torcida no Mineirão (STAFF IMAGES / CRUZEIRO)


Após três anos na Série B, o Cruzeiro retornou à elite do Brasileirão após vitória sobre o Vasco, nesta quarta-feira. Lédio Carmona elogiou o trabalho de Ronaldo como dono do Cruzeiro, mas não trata o ex-jogador como 'milagreiro'.

+ Globo revela lista de novos comentaristas para Copa do Mundo

- Parecia que o Ronaldo chegaria como milagreiro, mas ele chegou como um executivo, um gestor. Ele organizou o clube, rompeu contratos porque sabia que o clube não iria honrá-los. Botou o Cruzeiro nos trilhos - disse Lédio, que emendou:

+ AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! está transmitindo ao vivo e de graça jogos da Bundesliga

- Não é um Cruzeiro exuberante, mas teve um trabalho, um controle. Teve uma fidelização ao orçamento, que não é o ideal para a Série A. O Ronaldo não foi milagreiro, ele foi gestor do Cruzeiro, e foi muito bem - completou o jornalista.

+ Benja ironiza resultado do sorteio entre Corinthians e Flamengo na Copa do Brasil

Ronaldo comprou o Cruzeiro no fim do ano passado e encerrou contratos de vários jogadores, incluindo o do goleiro Fábio. Sob gestão do ex-jogador, o clube contratou o técnico Paulo Pezzolano, que levou a equipe de volta para a Série A.