Kyrgios perde batalha para Khachanov no US Open e adia sonho do Slam

USTA


Depois de destronar o atual campeão e número 1 do mundo, o australiano Nick Kyrgios não suportou o saque do russo Karen Khachanov, 31º, e foi eliminado, na madrugada desta quarta-feira, nas quartas de final do US Open.

O australiano 25º do mundo foi superado pelo até então coadjuvante russo por 3 sets a 2 com parciais de 7/5 4/6 7/5 6/7 (7/3) 6/4 após 3h39min de duração.

Kyrgios havia feito final em Wimbledon e vinha focado e até favorito na parte de cima da chave para alcançar e final em Nova York, mas o russo aplicou 30 aces e 63 bolas vencedoras contra 31 erros não-forçados.

Khachanov alcança sua primeira semifinal de Grand Slam na carreira e vai enfrentar o norueguês Casper Ruud, sétimo colocado, que passou pelo italiano Matteo Berrettini, 14º, em sets diretos. Ruud tem final em Roland Garros e a possibilidade de virar o número 1 do mundo se alcançar a final e Carlos Alcaraz cair até a semi ou ser o campeão do torneio.

Ruud venceu o único embate entre os dois no saibro de Roma, na Itália, em 2020.