Kyrgios é acusado de violência doméstica contra ex-namorada

Divulgação


De acordo com o jornal Canberra Times, o australiano Nick Kyrgios foi intimado a ir a um tribunal de Canberra depois de supostamente agredir uma ex-namorada no final do ano passado. A publicação informa que o tenista terá que comparecer ao mesmo em agosto.

"A ACT Policing pode confirmar que um homem de 27 anos de Watson está escalado para enfrentar o Tribunal de Magistrados da ACT no dia 2 de agosto em relação a uma acusação de agressão comum após um incidente em dezembro de 2021”, disse a polícia na tarde de terça-feira.

Entende-se que a acusação, que acarreta uma pena máxima de prisão de dois anos, está relacionada a uma alegação de que Kyrgios agarrou a ex-parceira Chiara Passari.

O advogado Jason Moffett, de Key Chambers, confirmou que foi informado sobre o assunto e que seu cliente estava ciente da acusação.

"É no contexto de um relacionamento doméstico", disse Moffett ao The Canberra Times.

Kyrgios disputa, nesta quarta-feira, as quartas de final de Wimbledon em seu melhor resultado em sete anos no tênis. Inclusive creditou a atual namorada sua boa fase com boas mudanças de hábitos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos