Karate Combat 35 deste sábado terá super luta e quatro brasileiros em ação

Evento acontece neste sábado em Orlando (Foto: Divulgação)


A edição 35 do Karate Combat acontece neste sábado (27/8), no Universal Studios, em Orlando (EUA). A luta principal trará a primeira super luta da história da marca, e será realizada entre campeão dos leves (até 68kg) Luiz Rocha e o dos meio-médios (até 75kg) Josh Quayhagen.

Mais três caratecas brasileiros estarão em ação no evento, que poderá ser assistido grátis em todas as plataformas digitais da organização a partir das 20h (horário de Brasília).

Com peso combinado de 71.7kg, a super luta não valerá cinturão, mas um troféu especialmente criado para o evento. A ideia para o desafio foi proposta pelo potiguar, primeiro brasileiro a faturar um cinturão do Karate Combat.

“Gosto de me desafiar e quero seguir fazendo história. Respeito o Josh como lutador e pessoa. Mas vou nocauteá-lo”, afirmou Rocha. "Treinei para lutar cinco rounds. Então estou pronto para isso ou para nocautear no primeiro round. Sei que Josh é um cara estratégico e vai tentar me cansar. Mas é impossível isso acontecer", completou.

Ex-campeão do LFA e com passagem pelo UFC, Bruno Souza estreará pelo evento. O discípulo de Lyoto Machida vai encarar o polonês Maciej Tercjak no peso-leve, e se mostra empolgado com a nova fase da carreira. "Será muito bom voltar às minhas raízes do caratê e fazer o que sei de melhor. Meu adversário é um cara forte e experiente. Mas nossa estratégia foi traçada e será executada com sucesso”, disse.

O peso-galo (até 61kg) terá dois lutadores brasileiros. Gabriel Stankunas enfrentará o peruano Jesus Lopez. Já Teeik Silva medirá forças com Maximo Nunez (República Dominicana).

Outro destaque da noite será a estreia de Raymond Daniels. Conhecido pelo vasto repertório de golpes plásticos, o lendário carateca norte-americano teve passagens por eventos como Bellator e Glory kickboxing, e iniciará a jornada pelo Karate Combat aos 42 anos. Ele enfrentará o equatoriano Franklin Mina, no peso médio (até 84kg).

"Claro que preparei novidades para essa estreia. O bom artista marcial sempre procura se superar em cada atuação. É como criar uma pintura ou escultura nova. O Karate Combat é minha casa agora, então toda minha habilidade está focada para criar momentos fantásticos para o evento", ressaltou.