Juventude manifesta apoio a Felipe Pires após atleta denunciar ofensas racistas no Beira-Rio

Felipe Pires acusa torcedor do Inter de ofensas racistas durante o clássico no Beira-Rio (Divulgação/Juventude)


Em confronto realizado na noite desta segunda-feira, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional não tomou conhecimento e goleou o Juventude por 4 a 0.

Entretanto, um fato durante a partida ganhou repercussão. O atacante da equipe de Caxias do Sul, Felipe Pires, alegou ter recebido ofensas racistas por parte de um torcedor do estádio Beira-Rio que, após ser identificado, foi retirado das arquibancadas.

Diante da situação, o Juventude reiterou através de uma nota 'seu repúdio para com todo todo e qualquer tipo de ato racista ou discriminatório'. Além disso, ressaltou que o jogador teve o apoio por parte do jurídico do clube ao registrar um Boletim de Ocorrência, e que seguirá atento ao caso reforçando que dará total suporte ao camisa 19.

Confira a nota na íntegra:

"O Esporte Clube Juventude reitera seu repúdio para com todo e qualquer tipo de ato racista ou discriminatório. Na noite desta segunda-feira (29), ao minuto 36 do segundo tempo da partida diante do Internacional, no estádio Beira-Rio, o atleta Felipe Pires foi alvo de insultos racistas de um torcedor do Internacional, que foi prontamente identificado pela segurança do clube mandante.

Ao final da partida, com total apoio jurídico do Juventude, o atleta registrou Boletim de Ocorrência no JECRIM localizado no estádio Beira-Rio. O clube seguirá absolutamente atento ao caso e prestando todo o apoio necessário a Felipe Pires".