Justiça determina prisão de agente esportivo por dívida de pensão

Empresário Wagner Ribeiro ao lado de Neymar (Foto: Reprodução/Instagram)


Empresário de renome no cenário esportivo brasileiro, Wagner Ribeiro teve prisão determinada pela Justiça. De acordo com o 'UOL', o pedido foi expedido no último dia 6 de julho pela 2ª Vara Cível de São João da Boa Vista por conta de uma dívida de R$ 641 mil referente a pensão alimentícia.

+ Allan Jesus rebate questionamentos de Casimiro sobre Luva de Pedreiro

Segundo o mandado, o empresário deve ser detido por 30 dias e a ordem suspensa pelo pagamento da dívida ou realização de um acordo entre Ribeiro e a ex-companheira, com quem tem dois filhos. Ivalda Aleixo, delegada da Polícia Civil disse que a polícia está em busca do empresário.

- Nós recebemos o endereço dele como sendo em São João da Boa Vista. A gente sabe que ele não mora mais lá. Já estamos com uma equipe e vamos tentar localizá-lo em outros endereços aqui em São Paulo. Ele sendo localizado, tem que se expedir um alvará de soltura. Até lá, tem que sair um contramandado de prisão. Enquanto não sair, temos que cumprir aqui - contou.

+ Após deixar a Globo, Casagrande é anunciado como reforço de portal

Wagner Ribeiro participou de negociações de grandes jogadores, como Neymar, Kaká, Gabigol e Lucas Moura para a Europa. Marina Pacheco Cardoso, advogada do agente se manifestou sobre o assunto.

+ Ex-jogador do São Paulo dispara sobre Daniel Alves: 'Por onde passa não deixa saudade'

- Ele vai fazer tudo conforme a lei. O Wagner paga uma parte da pensão alimentícia. Existe uma decisão e um mandado de prisão, e se for necessário ele vai cumprir. Não posso falar mais nada porque o caso está em segredo de justiça, e vamos apurar quem vazou essas informações para que sejam responsabilizados - declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos