Justiça aceita pedido, e Pelé será submetido a teste de paternidade

Pelé voltará a ter contrato com o Santos (Foto: Reprodução/Twitter)


Aos 81 anos, o ex-jogador Pelé será submetido a um teste de paternidade. De acordo com o portal 'Notícias da TV', a Justiça de São Paulo pediu a coleta do material genético do Rei do Futebol por conta de uma solicitação de investigação feita por Maria do Socorro Azevedo.

+ Esposa de Cássio, do Corinthians, procurou ajudar menino que desenhou próprio álbum da Copa

A decisão foi tomada pelo fórum de Guarujá no dia 18 de agosto, e o Imesc (Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo) será responsável por marcar data e hora da cobrança. Após receber a notificação, ainda não realizada, Pelé será intimado para estar em casa nos horários determinados.

+ Técnico do Flamengo em 95, Apolinho relembra favoritismo do Vélez: 'Diziam que iam ganhar de seis, sete'

"Ressalte-se que se trata apenas de coleta, pois a perícia ocorrerá em comarca diversa, e solicitamos que o material coletado seja diretamente enviado ao juízo deprecante", traz o documento assinado pelo juiz Renato Zanela Pandin.

+ André Rizek: jogo do Athletico-PR x Palmeiras 'reforça que o Flamengo está sobrando'

Em 1990, Sandra Regina Machado Arantes do Nascimento pediu um teste de paternidade na Justiça e o mesmo comprovou parentesco da mulher com o Rei do Futebol. Atualmente, Pelé se recupera de uma cirurgia de retirada de um tumor no cólon.