Juninho Pernambucano diz que tentou levar técnico brasileiro para o Lyon

Juninho Pernambucano deixou o Lyon no fim do ano passado (Foto: ROMAIN LAFABREGUE / AFP)


Ídolo do Lyon como jogador, Juninho Pernambucano foi diretor esportivo do time francês entre julho de 2019 e dezembro de 2021. E segundo o ex-jogador do Vasco, seus nomes preferidos para assumir o clube na ocasião eram dois técnicos do futebol brasileiro.


Em entrevista à "RMC Sport", Juninho revelou que gostaria de ter Jorge Sampaoli ou Fernando Diniz no Lyon. O argentino treinava o Santos na época, enquanto o segundo comandava o Fluminense em sua primeira passagem.

+ Veja a tabela e os jogos da Ligue 1

- Achei que ele (Sampaoli) ia passar mais tempo no Olympique de Marseille. Mas ele é muito difícil de lidar. Eu o encontrei duas ou três vezes, é bom conversar com ele porque ele está sempre elétrico como quando você o vê na beira do campo. Ele é alguém que eu gosto. Pensei nele para Lyon quando voltei. Eu o vi treinar muito no Brasil. É verdade que entender o Sampaoli 100% é um verdadeiro desafio - disse Juninho, que completou:

- Na época, minha primeira escolha era o Fernando Diniz, que agora está no Fluminense. É um excelente treinador, mas não tem um diploma reconhecido na Europa, o diploma da Uefa. Foi negado. Depois escolhi o Sylvinho, mas sempre pensei no Sampaoli. Mas na época também era caro ter o Sampaoli - seguiu.

+ Santiago Bernabéu tem novas fotos divulgadas: veja como estão as obras do estádio do Real Madrid

Sem conseguir fechar com Sampaoli ou Diniz, Juninho contratou Sylvinho para o Lyon, que era auxiliar de Tite na Seleção Brasileira. O treinador, entretanto, durou apenas 11 partidas nos Gones.