Julio Casares fala sobre interesse do São Paulo em Giuliano Galoppo: 'Está no nosso radar há algum tempo'


Após o sorteio que definiu os confrontos para as quartas de final da Copa do Brasil, Julio Casares, presidente do São Paulo, falou sobre o interesse do clube em Giuliano Galoppo.

Galeria
> Confira a situação de todos os jogadores contundidos no elenco do São Paulo

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

Atualmente no Banfield, o meia de 23 anos está na mira do São Paulo nesta janela de transferências. Casares afirmou que considera um atleta promissor e que ele estaria no radar do clube há algum tempo já.

- Temos uma visão que a oportunidade de mercado, a transparência, o aporte financeiro é um caminho que pode acontecer e deve, mas sem esticar a corda. Dentro dos nossos limites, são questões que você não pode agir de forma apressada, sem planejamento. Até para isso você tem que correr riscos. É um jovem atleta, tem 23 anos, promissor. Toda contratação é assim, algumas dão certo e outras não, mas é promissor e ele está no nosso radar há algum tempo - explicou.

Porém, o presidente do Tricolor paulista afirmou que, quanto à vinda de outros reforços, o São Paulo tem que se concentrar em seu planejamento financeiro, muito por causa do orçamento. O mandatário também falou sobre a busca por investidores para o Tricolor.

- O que está acontecendo hoje no Brasil? As redes sociais sempre amanhecem dizendo que time A ou time B estão trazendo tal jogador, mas a gente não conversou. Aí cria um problema, porque agora já veio até cravado um valor, fora de cogitação. É um atleta que o São Paulo monitora há um ano, um atleta que nós entendemos ser positivo. Agora entre contratar e ter recurso é algo diferente. O São Paulo tem responsabilidade financeira e um orçamento apertado. Estamos procurando patrocinadores, Investidores são patrocinadores e patrocinadores são investidores. Assim, podem nos ajudar nessa tarefa, mas também tem um vetor na instituição - explicou.

Ainda sobre Galoppo, Casares comentou que entrou em contato com a diretoria do Banfiled, com quem destacou ter um bom relacionamento. Segundo ele, a comissão técnica tem um interesse claro, mas ainda há um caminho a ser percorrido.

- Conversamos com alguns jogadores, mas hoje tem alguns nomes que nunca conversamos. Recentemente, renovamos o contrato de Rogério Ceni de forma inédita, antes de uma rescisão. Falamos de planejamento, em uma reunião de duas horas. Os interesses são claros, mas sabemos lidar. No caso desse atleta, estamos monitorando, conversamos com o Banfield, mas tem um caminho - completou.

O presidente frisou bastante as condições financeiras do Tricolor. Casares explicou que quanto a vinda de mais nomes, tudo deve ser pensado com calma. Citou, inclusive, a situação de Calleri, ressaltando que teve condições para efetuar a compra do camisa 9.

- O Calleri veio em um primeiro momento que não deu certo porque fugia das nossas condições. Depois de 90 dias ele veio em uma condição boa e vamos contratar o Calleri. Mas não podemos comprometer o São Paulo em finanças. Não quero que lá na frente esteja nas condições que eu recebi - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos