Julgamento de ex-presidente do Atlético-GO por homicídio de jornalista acontece nesta segunda

Julgamento acontece após quatro tentativas - Foto: Divulgação/Atlético-GO


Após alguns adiamentos, o ex-presidente do Atlético-GO, Maurício Sampaio e mais quatro suspeitos começam a ser julgados pela morte do radialista Valério Luiz nesta segunda-feira (13), em Goiânia. O crime aconteceu em 2012, em frente a rádio onde Valério trabalhava.

+ Fábio Carille acerta com novo clube, Pedrinho sondado por equipe brasileira… O Dia do Mercado!

O juiz Lourival Machado da Costa, da 4ª Vara Criminal de Crimes Dolosos Contra a Vida, presidirá a sessão, que contará com sete jurados e 30 testemunhas.

O radialista Valério Luiz foi morto a tiros na cidade de Goiânia, em Goiás. De acordo com a acusação, o crime teria sido motivado por conta das constantes críticas que o jornalista fazia à diretoria do Atlético-GO, no período em que Maurício Sampaio era vice-presidente do clube.

Além de Maurício, outras quatro pessoas são acusadas de participação na morte de Valério, são elas: Ademá Figueiredo, Djalma da Silva, Marcus Xavier e Urbano Malta.

O jornalista, que era torcedor do Dragão, deixava a rádio onde trabalhava quando foi atingido por diversos disparos vindos de ocupantes de uma motocicleta. A acusação sustenta que o ex-dirigente do Atlético-GO teria sido o mandante do crime.

+ Repórter da Globo detona ambiente do Flamengo: ‘Poço de vaidades, parasitas e desocupados’

Inicialmente marcado para 23 de junho de 2020, o júri acabou sendo adiado por conta da pandemia. Depois, foi remarcado para 14 de março deste ano e novamente foi suspenso porque o advogado que defendia Sampaio abandonou o caso.

Na última tentativa de julgamento, no dia 2 de maio, a nova defesa do ex-presidente do Atlético-GO deixou o plenário alegando que o juiz responsável pelo caso não é imparcial, o que demandou uma nova remarcação do júri.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos