Jornalistas e clubes manifestam apoio a repórter que sofreu assédio no Maracanã

Jéssica Dias foi assediada na última quarta-feira (Reprodução)


A repórter Jéssica Dias, da ESPN, foi assediada por um torcedor do Flamengo nesta quarta-feira. Durante participação em um programa da emissora, a jornalista dava informações sobre Flamengo x Vélez, direto do Maracanã, quando foi beijada, sem consentimento, por um torcedor. Nas redes sociais, perfis de clubes e jornalistas manifestaram apoio a repórter.

+ Repórter da ESPN sofre assédio durante cobertura de jogo do Flamengo no Maracanã

- O Clube de Regatas do Flamengo repudia o assédio cometido por um torcedor rubro-negro com a jornalista da ESPN Jéssica Dias durante reportagem antes da partida desta noite. É lamentável que atos repugnantes como este, que não representam a Nação Rubro-Negra, ainda aconteçam - lamentou o Flamengo

- Nossa solidariedade e apoio à jornalista Jéssica Dias, da ESPN, que foi assediada por um torcedor do Flamengo, no Maracanã. Que o assediador seja punido e que as mulheres possam trabalhar em paz - escreveu o Vasco.

+ ESPN repudia assédio no Maracanã e repórter presta queixa na polícia

Após o caso, o homem, que estava com o filho adolescente, foi detido pela polícia. A ESPN emitiu nota de repúdio após o ocorrido, e alguns jornalistas também se manifestaram na web. Renato Rodrigues, companheiro de Jéssica no canal, xingou o homem e se disse 'enojado'.

- Mano, enojado com o que acabou de rolar com a Jessica Dias no Maraca. Um velho cuz**, filho da p***, beijou nossa repórter no meio do link sem sua a permissão. Primariamente, um abraço pra ela. Sinto muito. Segundo, quem tava por perto tinha obrigação de dar um coro - repudiou Renato.

- Todo meu amor e força a Jessica Dias, repórter da ESPN, excelente profissional e melhor ainda como pessoa. Uma tristeza sem fim saber que ainda estamos longe de poder fazer nosso trabalho sem preocupação. Que aperto gigante no coração. Deixem nossos corpos em paz - escreveu Luiza Sá, repórter do L!