Jorginho quer Vasco tranquilo contra o Operário e reitera confiança no acesso: 'Vamos conseguir o objetivo'

Técnico Jorginho não seguirá no comando do Vasco da Gama em 2023 (Daniel Ramalho/Vasco)


Pressionado após empatar com o Londrina, em São Januário, na última rodada, o Vasco enfrenta o Operário-PR, em Ponta Grossa, nesta terça-feira (4) tendo que vencer para se manter no G4 da Série B. Apesar do adversário estar na zona de rebaixamento, o Cruz-Maltino chega para o confronto desacreditado, já que perdeu as últimas oito partidas fora do Rio. O técnico Jorginho destacou a dificuldade do jogo e pede equilíbrio ao time para conquistar a vitória.

- Depois do retorno do treinador Matheus Costa, o Operário se tornou uma equipe mais reforçada defensivamente, mais equilibrada, mesmo não fazendo tantos gols, tem um equilíbrio maior. Era uma equipe que tomava muitos gols. Mesmo jogando em casa se defende muito bem. Temos que ter cuidado, um equilíbrio para vencer o jogo, tendo o cuidado necessário porque o contra-ataque deles é muito rápido, fazem muitas ligações diretas, defesa para o ataque, com bolas em profundidade. Eles querem sair da zona de rebaixamento e a gente quer se manter no G4, então vai ser um bom jogo - avaliou Jorginho em entrevista para a Vasco TV.

O Vasco é o 4º colocado da Série B, com 49 pontos, mas pode ser ultrapassado caso não vença o Operário. O Ituano, que tem 47 pontos, enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, na quarta-feira (5). A pequena diferença na pontuação causa preocupação nos vascaínos, mas Jorginho reiterou que o time vai conquistar o acesso.

- Às vezes a gente inverte um pouco os papéis, aqueles que estão chegando no G4 estão eufóricos, e a gente que está lá fica com uma certa pressão. Estamos no G4, vamos conseguir nosso objetivo, sabemos do poder que temos em casa, nossa torcida tem nos ajudado bastante e agora vamos em busca de um resultado importante fora de casa. É difícil jogar aqui contra o Operário, uma equipe forte fisicamente, mas a gente sabe que tem condições de ganhar - finalizou Jorginho.

O Vasco terá os desfalques de Yuri Lara (suspenso), Paulo Victor (dores no tornozelo esquerdo) e Palácios (recuperação de lesão na coxa direita). A ausência do volante causa dor de cabeça em Jorginho, que tem como opções Zé Gabriel e Matheus Barbosa, caso queira manter a estrutura tática do time. Sem o lateral-esquerdo, Edimar volta a ser titular.

O elenco encerra a preparação para a partida em treino nesta tarde, no CT do Coritiba. Após a atividade, a delegação segue para Ponta Grossa, onde fica o estádio Germano Krüger.