Jorginho lamenta chances perdidas e prega união pelo acesso do Vasco: 'Iremos alcançar nosso objetivo'


O Vasco tinha tudo para ter uma noite perfeita diante de sua torcida, que lotou São Januário. Mas no momento de decidir o duelo contra o Londrina, perdeu chances claras e deixou pontos pelo caminho. Na coletiva, o técnico Jorginho demonstrou um discurso otimista apesar do resultado e pregou união e confiança no elenco.

Jorginho - Vasco
Jorginho - Vasco

Jorginho defendeu Raniel, que foi vaiado pela torcida (Daniel Ramalho/Vasco)

Um jogo muito forte no lado emocional. Ao mesmo tempo que poderíamos ter ganho, poderíamos ter perdido também, o que seria uma tragédia. Tudo isso envolve o lado emocional e você precisa ser forte em relação a isso. Tivemos oportunidades claras de matar o jogo, mas vamos continuar acreditando que os atacantes e quem teve a chance procuram fazer o melhor. A movimentação dos meus atacantes nessas chances foi excepcional. Faltou aquele detalhe naquele momento - disse, e em seguida emendou:

+ Confira e simule a tabela da série B do Campeonato Brasileiro


- Mas continua o otimismo, acreditando que vamos alcançar nosso objetivo Falamos sobre isso no vestiário. Foi muito bom ver a equipe se reunir. Não foi algo pedido por mim. Eles se reuniram no campo e saíram todos juntos. Nesse momento em que a gente não alcança a vitória, é fundamental estarmos juntos. Nos momentos mais difíceis que vemos os verdadeiros campeões. Eles demonstraram isso com essa atitude e até no vestiário. Não existe nenhuma dúvida pairando sobre nós. Iremos alcançar o nosso objetivo - completou.

Com o resultado, o Gigante da Colina agora soma 49 pontos, três à frente de Londrina e Sport. No entanto, Ituano e Criciúma ainda jogam nesta rodada e podem embolar ainda mais a situação. A equipe paulista pode chegar aos 47 caso vença o CRB, no Novelli Júnior.

Por fim, o treinador comentou sobre o lado emocional, sobretudo de Raniel que perdeu dois gols feitos. No fim da partida, a torcida vaiou o centroavante, que foi substituído por Erick no segundo tempo. Jorginho disse que não vê dessa forma.

+ ATUAÇÕES: Raniel perde chances claras e PV falha em empate do Vasco em São Januário

- Um atacante vive esses momentos de glórias e de repente as pessoas pensam que ele é culpado da situação. Não vejo dessa forma. Olho para movimentação dele, foi importante. Acredito muito no Raniel, é o artilheiro da nossa equipe. Era um momento difícil para ele também por ter pedido. A gente fez mudança para conseguir mais mobilidade. O que não pode pairar é uma desconfiança em cima de um jogador ou do grupo - analisou.