Jorginho diz que primeiro gol do Cruzeiro desestabilizou o Vasco: 'O importante é que não fomos covardes'

Jorginho disse que jogar atrás do resultado complicou o Vasco na partida (Daniel Ramalho/Vasco)


Em meio à reta final da Série B, o Vasco voltou a ser derrotado fora de casa - oitava seguida - e pode ver o Londrina se aproximar do G4. No Mineirão, a equipe voltou a ter uma fraca atuação e viu o Cruzeiro não só vencer por 3 a 0, como garantir o acesso de forma antecipada. Na coletiva, Jorginho ressaltou que o time foi corajoso e que o primeiro gol do adversário desestabilizou o grupo.

- A nossa ideia de jogo foi não recuar demais, agredir mesmo o Cruzeiro. Conseguimos fazer isso até os 24 minutos, mesmo não conseguindo um domínio grande, mas a gente tinha a construção, jogadas com bola em profundidade - disse, e em seguida emendou:

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

- Com dois minutos, tivemos dois escanteios, conseguimos pressionar, marcamos em cima, não nos intimidamos. O Cruzeiro normalmente aqui tem superioridade enorme e, mesmo a gente tomado um gol, a gente foi muito melhor nos 24 minutos. O gol desestabilizou, tem sido recorrente tomar gols batendo na nossa zaga, isso é quase impossível de evitar, uma bola que desvia no zagueiro - disse:

- Mas o mais importante é que a gente não foi covarde, fomos corajosos, acreditamos que era possível vencer. As substituições foram para deixar o time mais ofensivo. Infelizmente não foi o suficiente, o Cruzeiro é uma equipe muito qualificada e não podíamos dar essas oportunidades. Não foi um jogo para três gols. Se tivéssemos virado o primeiro tempo 0 a 0, teríamos um segundo tempo diferente. Eles jogaram com muita tranquilidade e a gente em busca do resultado - completou.

Na maior parte do jogo, o Gigante da Colina foi dominado e não incomodou o gol de Rafael Cabral. Apenas em alguns escanteios cobrados por Nenê no início do jogo. Ainda no primeiro temo,s depois de Eguinaldo perder o controle, Filipe Machado finalizou, mas a bola desviou em Danilo Boza e enganou Thiago Rodrigues.

Diante disso, a equipe carioca não conseguiu mais equilibrar as ações. No segundo tempo, a Raposa fez o resultado de forma tranquila com Edu e Luvannor. Restam sete rodadas para o fim da competição, e o Vasco tem mais três jogos longe do Rio de Janeiro e precisa melhorar o aproveitamento para garantir o acesso.

Na próxima rodada, o adversário será o Londrina, atual quinto colocado. A diferença entre as equipes é de três pontos, mas pode diminuir caso os paranaenses vençam a Ponte Preta, na sexta. O jogo está marcado para o dia 29, às 21h30, em São Januário. Os ingressos já estão esgotados, e a torcida promete apoio do início ao fim.