Jorginho defende Cuca e detona postura de Abel Ferreira: 'Se fosse brasileiro, seria chamado de covarde'

O último clube de Jorginho foi o Atlético-GO (Reprodução de vídeo / Atlético-GO)


Após garantir a classificação na Libertadores, sobre o Atlético-MG, Abel Ferreira vem recebendo uma onda de críticas de técnicos brasileiros. Um exemplo é o de Jorginho, que detonou a postura do treinador do Alviverde nos pênaltis da decisão. Na ocasião, o português foi flagrado ouvindo música durante o evento.

+ Nadine Basttos comenta falha do VAR em Palmeiras x São Paulo, pela Copa do Brasil: 'Inadmissível'

Em entrevista à ESPN, Jorginho afirmou que o colega de profissão seria chamado de covarde, se fosse brasileiro. Para o treinador do Atlético-GO, tal atitude só passou batida pq o Palmeiras acabou vencendo o Atlético-MG na decisão por penalidades.

- Quando as pessoas (técnicos) vencem, as pessoas esquecem. Se um treinador brasileiro fosse para dentro do vestiário escutar música na hora do pênalti, ele seria chamado de covarde. Mas porque ganhou, nada acontece. Está tudo certo - disse.

Além disso, Jorginho também fez um desafio à Abel Ferreira. Na entrevista, o treinador prometeu que se o treinador português vencesse campeonatos com o elenco do Atlético-GO, teria seu respeito.

+ Casagrande afirma que Palmeiras 'atropela' o Flamengo no Allianz Parque: 'Já era'

- Nós não estamos na época que portugueses estão vindo para cá e descobrindo o futebol, esquece! O que aconteceu com o Jorge Jesus foi extraordinário, o que está acontecendo, mas é porque tem um elenco como o Flamengo e como o Palmeiras. Eu quero ver ele fazer o que está fazendo ao vir aqui no Atlético-GO. Vem aqui e vai ser campeão brasileiro - finalizou.

CUCA TAMBÉM CRITICOU ABEL

Curiosamente, ou não, Cuca havia dado declarações semelhantes no fim de semana, ao ser perguntado sobre o jogo contra o Palmeiras. A postura do português não pegou bem com os treinadores brasileiros, especialmente por se tratar de quartas de final da Libertadores.

- Se a derrota vem para eles nesse jogo, vocês estavam cobrando as duas expulsões, as seis caídas no mesmo canto, o treinador que não ficou para os pênaltis. Quando se ganha, tudo é perfeito, parabéns para o Abel, parabéns para o Palmeiras, boa sorte. Pronto, falei - analisou.

+ Após vitória sobre o Coritiba, Cuca critica Palmeiras: 'Meu time propõe o jogo'

O Atlético Goianiense, de Jorginho, é um dos poucos clubes que está em todas as competições possíveis na temporada. O próximo compromisso do Dragão é contra o Corinthians, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. A equipe de Goiânia venceu o primeiro duelo por 2 a 0 e leva boa vantagem à Neo Química Arena.