John Textor é o favorito para adquirir o Lyon

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Lyon está perto de ser arrematado pelo dono da SAF do Botafogo, John Textor.  Foto: RvS.Media/Basile Barbey/Getty Images
Lyon está perto de ser arrematado pelo dono da SAF do Botafogo, John Textor. Foto: RvS.Media/Basile Barbey/Getty Images

A mudança de comando no Lyon está ficando cada vez mais clara e deve ser confirmada ainda nesta segunda-feira. Inicialmente agendado para terça-feira às 17h, o conselho de administração do Olympique Lyonnais Groupe foi antecipado por 24 horas e, portanto, será realizado na tarde de segunda-feira.

A pedido da empresa, o título foi suspenso esta manhã ao preço de 3,07 euros, aguardando novo parecer. A venda de uma grande parte das ações do clube de Lyon será, portanto, decidida hoje.

Leia também:

Como lembrete, os dois acionistas Pathé (19,38%) e IDG (19,85%) anunciaram em conjunto no início de março que estavam colocando suas ações à venda e encomendaram ao banco Raine para encontrar compradores.

Jean-Michel Aulas, que detém a maior fatia do clube francês (27,72%), também começou a trabalhar para encontrar um novo acionista capaz de mudar a dimensão econômica do Lyon, mantendo-se no jogo negociando a governança plurianual.

Tinha assim chegado a um acordo com o americano Foster Gillett no início do mês: os dois homens tinham passado vários dias juntos em França e tinham chegado a um acordo em torno de um preço final de cerca de 600 milhões de euros que incluía o reembolso de parte as ações da JMA, além das da Pathé e da IDG, mas também um aumento de capital próximo de 100 milhões de euros, conforme revelado pelo jornal L'Equipe em 8 de junho.

Com o projeto validado, a Gillett teve até a última quinta-feira (16) para fornecer as garantias bancárias necessárias à sua oferta. Ele não conseguiu, mas o CA concedeu-lhe um prazo adicional, até segunda-feira, 20 de junho, para fazê-lo. Foi um último ultimato para a Pathé, representada por Thomas Riboud-Seydoux, que quer vender rápido.

Enquanto isso, a JMA tem as costas cobertas: o presidente do Lyon negociou neste fim de semana a governança com John Textor, dono da SAF do Botafogo, único a ter depositado as garantias necessárias até agora.

Textor nunca tinha sido unânime até então, porque a sua oferta era menos atrativa do que a de Gillett, e porque também há dúvidas sobre a sua vontade paralela de investir significativamente no Porto.

Mas ele é o único, no momento, a fornecer garantias concretas. Os ítalo-californianos da Iconic Sports também estavam na disputa, mas sua oferta permaneceu muito menor do que a dos outros dois.

A fumaça branca deve, portanto, sair ainda hoje e, a menos que Gillett tenha fornecido as garantias solicitadas a ele, é John Textor quem deve entrar em negociações exclusivas para se tornar o novo chefe do clube de Lyon.

A oferta do americano é ligeiramente inferior, mas dá garantias e sobretudo respeita as especificações impostas pela JMA a todos os candidatos, nomeadamente proceder a um aumento de capital imediato na ordem dos 90 milhões de euros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos