Jogo suspenso das eliminatórias entre Brasil e Argentina não será mais disputado

Messi e Neymar durante paralisação de jogo Brasil x Argentina pelas eliminatórias da Copa em São Paulo

(Reuters) - A partida entre Brasil e Argentina pelas eliminatórias da Copa do Mundo que foi suspensa no ano passado após uma intervenção da Anvisa não será mais disputada, informaram nesta terça-feira a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Associação de Futebol Argentino (AFA).

Em 5 de setembro, o jogo entre os dois gigantes do futebol foi suspenso depois que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa ) acusou jogadores argentinos que atuavam na da Premier League inglesa de violarem as regras de quarentena da Covid-19 no Brasil.

A CBF informou que AFA, CBF e Fifa resolveram o litígio perante a Corte Arbitral do Esporte (CAS).

"A CBF e a AFA assumiram suas respectivas responsabilidades pelos eventos que levaram ao abandono da partida, conforme constatado pelos Órgãos Judiciais da Fifa, e que devem sofrer a sanção pertinente", disse a CBF em nota.

"Por fim, a partida Brasil-Argentina não será mais repetida, e a data relevante permitirá, portanto, que nossa seleção faça um amistoso em preparação para a Copa do Mundo Catar 2022."

Brasil e Argentina se classificaram para a Copa do Mundo deste ano no Catar mesmo com a partida não realizada. A seleção brasileira liderou a tabela da Conmebol com 45 pontos, enquanto a Argentina terminou em segundo lugar com 39. Uruguai e Equador ficaram com as outras duas vagas automáticas na Copa do Mundo.

(Reportagem de Tommy Lund, em Gdansk)