Jogadoras de Mali saem na porrada após derrota na Copa do Mundo

Uma forte briga entre duas jogadoras da Seleção de Mali de Basquete, durante a Copa do Mundo da modalidade, que é disputada na Austrália, virou alvo de investigação da FIBA (Federação Internacional de Basquete) nesta terça-feira.

Na última segunda-feira, as atletas Salimatou Kourouma e Kamite Elisabeth Dabou foram flagradas por um canal de notícias envolvendo o esporte aos socos, tendo de serem separadas por colegas de equipe. A briga aconteceu após a derrota da Seleção de Mali por 81 a 68 para a Sérvia.

Leia também:

Na zona mista da arena onde a partida fora disputada, a jogadora sérvia Sasa Cado concedia entrevista para o canal de TV, também da Sérvia, Sport Klub, quando Cado se vira para o lado, vê a cena e se choca, sem entender nada do que estava acontecendo.

A FIBA emitiu comunicado nesta terça-feira informando que foi aberta investigação sobre o tema e que os resultados serão apresentados apenas ao fim da mesma, assim como as possíveis punições às atletas que apresentaram a conduta antidesportiva: "A Fiba ​​soube que houve uma briga entre os jogadores do Mali na zona mista após o jogo do Grupo B Sérvia x Mali na Copa do Mundo de Basquete. Após o incidente, a Fiba ​​abriu uma investigação. Assim que a investigação for concluída, a Fiba ​​decidirá sobre quaisquer medidas disciplinares aplicáveis".

Mali terminou a Copa do Mundo sem nenhuma vitória, tendo perdido, também, para o Canadá nesta terça-feira por 88 a 65. Desta forma, fica na 11ª posição na tabela de classificação.