Jogador sofre injúria racial por torcedor após partida; suspeito vai responder em liberdade

Jé não havia entrado em campo durante o duelo (Divulgação/Pato Futsal)


Após terminado o duelo entre Pato Futsal e Galo Futsal, válido pela Série Ouro do Campeonato Paranaense da modalidade, um torcedor foi preso em flagrante pela polícia ao realizar ofensas racistas ao pivô Jé, do Pato. O atleta alegou ter sido chamado de 'negão' e 'macaco'. A polícia encaminhou ambos para a delegacia na cidade Francisco Beltrão, próxima de Dois Vizinhos, local da partida.

+ Quem é Alisha Lehmann, atleta e namorada de Douglas Luiz

Depois de formalizado o boletim de ocorrência, o torcedor foi preso em flagrante, mas negou ter realizado o crime. No último domingo, ele foi solto após audiência de custódia e responderá pelo crime de injúria racial - quando a ofensa está associada ao uso de palavras depreciativas contra uma pessoa.

Em post no Instagram, Jé se manifestou, lamentando o ocorrido e dizendo lutar para nunca ver uma de suas filhas passar por esse tipo de situação.

- É triste saber que realmente o racismo ainda existe, pois sofri racismo hoje no final do jogo em dois vizinhos. Não iria levar isso adiante, mas tenho três filhas e não quero que elas e nenhuma outra pessoa preta passe por isso. É preciso dar um basta nesse tipo de gente racista - afirmou.

Os clubes demonstraram solidariedade ao atleta e repúdio ao caso. Além deles, a Federação Paranaense de Futsal também se manifestou.

Confira as notas oficiais:

Pato Futsal:

- Lamentavelmente, episódios de racismo foram presenciados no sábado (24), no Ginásio Teodorico Guimarães, em Dois Vizinhos / PR, durante a partida entre Galo Futsal x Pato Futsal, pela primeira fase da Série Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal 2022.

O nosso atleta Jeferson Luís Corrêa Carpes, o Jé, que estava na arquibancada, foi vítima de atos racistas. O profissional vem recebendo todo suporte do clube e já registrou o Boletim de Ocorrência.

O Pato Futsal lamenta as manifestações de racismo e as repudia com veemência. O time pato-branquense reafirma que é contra todo tipo de discriminação.

Racistas não são bem-vindos!


Dois Vizinhos (Galo Futsal):

- O Dois Vizinhos Futsal repudia qualquer forma de racismo ou preconceito. Temos consciência do ocorrido no término da partida contra o @patofutsaloficial , realizada hoje 24/09. Já foram tomadas todas as medidas cabíveis e o torcedor já foi identificado.

Sabemos que um pedido de desculpa não basta. Tomados de indignação e tristeza nos colocamos à disposição do atleta e do Pato Futsal. Racismo é crime e esperamos por justiça.

Federação Paranaense de Futsal:

A Federação Paranaense de Futebol de Salão vem por meio desta REPUDIAR veementemente as ofensas racistas proferidas a um jogador do Pato Futsal, após o término da partida envolvendo o Galo Futsal x Pato Futsal, na cidade de Dois Vizinhos/PR, pela Série Ouro no último sábado, 24/09/2022.

O fato, relatado em súmula e que foi objeto de prisão em flagrante do torcedor é inaceitável e não deve ser tolerado em nenhum ambiente de nossa sociedade, muito menos no futsal, poderosa ferramenta de inclusão e transformação social.

A FPFS reitera seu total repúdio ao racismo e a qualquer maneira com que ele seja expressado. Diante disso, a entidade esclarece que está contribuindo com as autoridades policiais e judiciárias competentes que investigam o caso, devendo encaminhar na data de hoje também os documentos da partida para que Tribunal de Justiça Desportiva possa apurar e julgar os acontecimentos.

Por fim, esclarecemos que a FPFS presta toda sua solidariedade ao atleta Jeferson Luís Correa Carpes “Jé”. Reforçamos nosso compromisso para que atitudes como essa sejam banidas de eventos organizados pela nossa Federação e que o futsal seja sempre um ambiente de inclusão e respeito à dignidade humana.

Jesuel Laureano Souza - Presidente – FPFS


+ AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! está transmitindo ao vivo e de graça jogos da Bundesliga. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão aqui.