Jogador do Náutico abandona casa por enchentes em Recife

Lateral do Náutico teve de abandonar a residência com sua esposa e duas filhas.
Lateral do Náutico teve de abandonar a residência com sua esposa e duas filhas. Foto: (Celio Junior/AGIF)

As fortes chuvas no Recife durante toda a última semana fizeram com que o lateral Bryan, do Náutico, tivesse de abandonar a casa que morava com sua esposa e duas filhas para que não corressem risco de algum desastre.

O nível da água, que chegou a atingir a altura de 100 milímetros em alguns pontos da capital de Pernambuco, obrigou com que o jogador e sua família buscassem abrigo na casa de parentes e escapassem das grandes enchentes. Bryan, em contato feito ao ge, afirmou que ele e sua família estão na casa de um parente de sua esposa: "Estamos na casa do tio da minha esposa e graça a Deus está tudo bem. Conseguimos sair e agora está tudo tranquilo".

Leia também:

Morador do bairro de Maria Farinha, Bryan já havia sido afetado pelas chuvas no ano passado, quando perdeu móveis e eletrodomésticos por conta do fenômeno natural. Em recuperação por conta de uma lesão sofrida em seu joelho direito na última partida do Timbu, contra o CSA, ele ficará fora de atuação por, aproximadamente, dez meses.

A ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito de Bryan, porém, não é novidade para o jogador. No ano passado, ele havia sofrido a mesma lesão e ficado sem atuar por oito meses. Seu retorno aos gramados foi na partida contra o Cruzeiro, onde o Náutico perdeu por 1 a 0, mas no jogo seguinte, em casa, sofreu a lesão que irá lhe tirar dos gramados por um período significativo de tempo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos