Jogador de 14 anos morre após parada cardíaca em Goiás

Levado para uma UPA, garoto de 14 anos não resistiu e faleceu.
Levado para uma UPA, garoto de 14 anos não resistiu e faleceu. Foto: (beronb via Getty Images)

Um atleta de futsal de 14 anos faleceu após ter uma parada cardíaca em quadra na cidade de Rio Verde, em Goiás, no último sábado. Enzo Diogo Ramos Morais, que estava atuando na quadra, sentiu uma indisposição e pediu para deixar a partida. Assim que foi constatada a parada cardíaca, o garoto foi encaminhado para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas não resistiu aos procedimentos realizados pelas equipes médicas e faleceu.

De acordo com Paulo Renato Silva, diretor da UPA de Rio Verde, os profissionais de saúde passaram quase uma hora no processo de tentativa de reanimação do garoto de 14 anos, mas não tiveram sucesso: "Foi fulminante. Tentamos a reanimação por mais 40 minutos. A gente insistiu também por ser muito jovem, praticamente uma criança".

Leia também:

Atuando pela categoria sub 15 do Clube Campestre em uma competição que estava sendo promovida pela Secretaria de Esporte do município, Enzo Diogo já havia representado, anteriormente, o Independente de Rio Verde. Seu atual clube foi quem arcou com os custos de seu velório, realizado no último domingo na casa de sua família. O enterro do garoto aconteceu no cemitério São Sebastião, também em Rio Verde.

Em nota oficial emitida pelo Clube Campestre, a instituição lamentou a passagem do garoto e o homenageou: "O Clube Campestre de Rio Verde, ora para que Deus conforte aqueles que choram de saudades e ilumine seus corações que sofrem com o luto. Você, Enzo Diogo Ramos Morais, partiu. Mas nos corações dos que te amam viverá eternamente".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos