Jobson se empolga com chance de retornar ao Náutico e torce por acerto

Jobson não entra em campo desde o dia 16 de março (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


O Santos negocia o empréstimo do volante Jobson ao Náutico, de Pernambuco, para disputa do segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série B. A informação inicial é do Portal UOL e foi confirmada pelo LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE.

E o retorno animou o jogador. Isso por que, em 2017, Jobson foi emprestado pelo Palmeiras ao clube pernambucano e viveu um momento especial: ele balançou as redes na grande final do Campeonato Estadual contra o Central, na Arena de Pernambuco, e levantou a taça de campeão.

Ele chegou ao Náutico em 2017 para disputar a Série B de 2017. À época, o técnico do Náutico era Roberto Fernandes, que retornou ao clube e pediu a contratação do jogador. Ao todo, realizou 34 jogos com a equipe e marcou três gols.

Para que o desfecho seja positivo, o Peixe precisa aceitar a proposta santista. O pedido do Náutico é que o Alvinegro arque com o salários. Em troca, o time de Pernambuco "recupera" o futebol do atleta e possibilita uma futura negociação. O Santos ainda não aceitou.

Jobson vem trabalhando diariamente com os jogadores que não serão aproveitados. Entre eles estão Alanzinho, Tailson e Lucas Lourenço. Além disso, o atleta contratou um personal particular para aprimorar a parte física pós-treinos no CT Rei Pelé.

Os clubes brasileiros tiveram entre 19 de janeiro até 12 de abril para acertar contratações de atletas. Jobson ficou próximo de fechar com um time da Série A, mas pendências contratuais atrasaram o negócio. A janela tem nova abertura entre os dias 18 de julho a 15 de agosto e o jogador aguarda o período para definir seu futuro.

Jobson viveu seu melhor momento no Peixe em 2020, sob o comando do técnico Cuca, quando somou 26 jogos, com 15 vitórias, aproveitamento de 64%. Já no total, foram 44 partidas disputadas com a camisa alvinegra, anotando três gols, um deles na vitória contra o São Paulo por 1 a 0, em 2021.

Na Vila, o jogador viveu um histórico complicado de lesões. A primeira contusão aconteceu em janeiro de 2020. Jobson sofreu uma grave lesão no ligamento cruzado anterior, fato que o tirou dos jogos por nove meses. No dia 10 de outubro, participou por 10 minutos contra o Grêmio, depois ficou no banco de reservas contra o Atlético-MG no dia 13. Após isso, virou desfalque com uma tendinite no tornozelo direito.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos