Jô confirma que pediu rescisão ao Corinthians, agradece ao clube e afirma que seguirá a carreira

Jô já tinha marcado quatro gols pelo Corinthians nesta temporada (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)


O atacante Jô se manifestou via assessoria após a rescisão contratual amigável com o Corinthians realizada nesta quinta-feira (9). O jogador afirmou que pediu aos seus representantes procurassem o presidente corintiano, Duílio Monteiro Alves, para a quebra do vínculo, o que aconteceu na parte da manhã. No entanto, o atleta não entrou em detalhes sobre o motivo que levou à atitude.

A situação ocorreu dois dias após Jô ser flagrado tocando pagode em um bar em São Paulo no momento me que o Timão perdia para o Cuiabá, pelo Campeonato Brasileiro. O centroavante ficou fora da partida em questão por conta de um trauma no pé.

No dia seguinte ao ocorrido, o atleta também faltou ao treinamento onde estava programado para que ele seguisse um cronograma de recuperação.

Jô agradeceu ao presidente, funcionários, comissão técnica e torcida corintiana na sua despedida ao clube alvinegro, mas deixou claro que vai seguir a sua carreira.

– Eu solicitei aos meus representantes que procurassem o presidente Duílio e fizessem uma reunião, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (09 de junho), de maneira amigável rescindimos o contrato e irei seguir minha carreira. Antes disso, quero agradecer ao presidente Duílio, a todos os funcionários do clube, à comissão técnica, à todos os jogadores, que são grandes amigos que fiz pra vida, à torcida do Corinthians, que é tão especial para mim. Desejo ótima sorte a todos eles e ao clube que me revelou para o futebol – diz o comunicado oficial.

Antes, o Corinthians também havia divulgado uma nota confirmando a rescisão contratual, onde reforça a versão de que o desejo partiu do próprio atleta e foi atendido pelo clube, que também agradece o atacante pelos serviços prestados e deseja sorte.

– Nesta quinta-feira (09), o Sport Club Corinthians Paulista e o atleta Jô chegaram a um acordo para o encerramento do contrato. O jogador manifestou a vontade de rescindir o vínculo de forma antecipada. O Corinthians aceitou a decisão do atleta e informa que o contrato, com validade até dezembro de 2023, foi encerrado. Ao Filho do Terrão, maior artilheiro da história da Neo Química Arena, bicampeão Brasileiro e campeão Paulista, o Corinthians agradece por todos os momentos e deseja o melhor na sequência da carreira de um dos grandes nomes da história do Clube – diz a nota oficial corintiana.

Dessa forma, chega ao fim a terceira passagem de Jô no Corinthians. Segundo jogador mais novo a entrar em campo pelo Corinthians, com 16 anos, três meses e 29 dias, em 2003, o atacante deixou a equipe alvinegra em 2005, se transferindo para o CSKA, da Rússia, retornou em 2017, sendo o destaque do sétimo título brasileiro do Timão, e iniciou a sua última trajetória com o manto alvinegro no início de 2020.

Ao todo, foram 284 partidas pelo Alvinegro do Parque São Jorge, com 65 gols marcados e quatro títulos conquistados, os Paulistas de 2003 e 2017, e os Brasileiros de 2005 e 2017.

Jô tinha vínculo com o Corinthians até dezembro de 2023 e abriu mão de todos os salários até o período para se desligar do clube alvinegro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos