Jô é notificado na Justiça por diversas infrações e pode ser despejado

Neste ano, Jô deixou o Corinthians após polêmicas no clube (Foto: Mauro Horita/Staff Images/Conmebol)


Jô vive mais um momento conturbado em sua carreira. O atacante do Ceará, enfrenta problemas na Justiça de São Paulo referentes aos aluguéis de dois imóveis na capital paulista. O jogador é acusado de falta de pagamento de aluguéis e de multas por desordem. Atleta corre risco de ser despejado. A informação é do "UOL".

+ Corinthians tetracampeão! Lembre todos os times vencedores do Brasileirão Feminino

Na última semana, a dona de um imóvel na Zona Leste de São Paulo entrou com uma processo na 5ª Vara Cível do Foro Regional VIII, localizado no Tatuapé, cobrando aluguéis e diversas multas de infrações - sendo todas elas por barulho fora do horário permitido, entre junho e julho deste ano. A proprietária cobra mais 96 milhões de Jô, entre multas, aluguéis atrasados, contas de luz e juros.

+ Torcedor do Ceará morre de infarto após assistir a jogo do clube

Procurado pelo UOL, o atacante informou, por meio de seu advogado, que "não tem conhecimento de qualquer ação judicial" relativa à propriedade. A defesa do atleta ainda afirmou que "as chaves foram entregues amigavelmente para a proprietária ao final do contrato em virtude de sua transferência para Ceará" e que "o imóvel locado está desocupado e à disposição da proprietária".

+ Técnico do Bahia, Enderson Moreira bate boca com torcedor na arquibancada da Fonte Nova

MAIS PROBLEMAS NA JUSTIÇA

Existe um outro processo contra o jogador, este aberto em agosto, em que o proprietário de outro imóvel na Zona Leste paulista cobra a execução de uma decisão arbitral que decretou o despejo de Jô. Neste processo, o contrato de aluguel em nome do atleta havia sido firmado por meio de um aplicativo.

O juiz Guilherme Nunes, da 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem de São Paulo, determinou que Jô seja acionado para desocupar o imóvel de forma voluntária, no prazo de 15 dias, sob pena de despejo forçado. Sobre esta ação, o jogador afirmou não ter conhecimento.