Irmão de Pogba é detido por extorsão

Mathias Pogba e outras três pessoas foram detidas após a investigação iniciada pela denúncia de seu irmão, Paul Pogba.
Mathias Pogba e outras três pessoas foram detidas após a investigação iniciada pela denúncia de seu irmão, Paul Pogba. Foto: (Shaun Botterill/Getty Images)

Mathias Pogba, irmão mais velho do meio-campista Paul Pogba, da Juventus, foi detido junto de outras três pessoas após uma investigação que foi iniciada pela polícia da França depois de Paul Pogba denunciar o próprio irmão por extorsão no 'Caso Pogba'.

De acordo com fontes judiciais que revelaram o caso ao jornal francês Le Monde, Mathias se entregou à polícia por conta própria nesta quarta-feira. As detenções são de caráter preventivo e são geradas por causa de um processo, aberto em 2 de setembro, que investiga a formação de quadrilha e participação em associação de atos criminosos, além de extorsão com arma de fogo.

Leia também:

Relembre o caso

Mathias Pogba, de 32 anos, que atua como atacante no ASM Belfort, da quarta divisão da França, gravou um vídeo onde revelava, de acordo com ele mesmo, rituais de feitiço promovidos por Paul Pogba contra Kylian Mbappé, atacante do Paris Saint-Germain, colocando o nome de Rafaela Pimenta, advogada que assumiu os negócios de Mino Raiola após seu falecimento, como uma das envolvidas nos "esquemas" de Paul.

No mesmo dia, sendo representado por um escritório de advocacia, Paul Pogba afirmou que a ação seria parte de "tentativas de extorsão e ameaças" feitas por seu irmão, que encabeçaria uma quadrilha, onde era pedida a quantia de 13 milhões de euros, aproximadamente R$ 65 milhões na cotação atual. As polícias da Itália e da França, de acordo com a nota emitida pelo escritório, já teriam ciência do caso há mais de um mês.