Internacional vence, quebra sequência invicta do Fluminense e volta ao G6 do Brasileirão

Internacional enfrenta o Juventude no Beira Rio (Foto: Divulgação/Internacional)


O Internacional chegou pressionado ao Beira-Rio, mas anulou o Fluminense e venceu por 3 a 0 pela 22ª rodada do Brasileirão. Bustos, Alemão e De Pena marcaram os gols do triunfo colorado. Com o resultado, o Colorado voltou ao G6 com 36 pontos, enquanto o Tricolor perdeu a chance de dormir na vice-liderança e caiu para a quarta colocação com 38. A equipe carioca não perdia há 13 partidas na temporada.

Na próxima rodada, o Tricolor recebe o Coritiba, dia 20, sábado, às 19h, no Maracanã. Antes disso, a equipe tenta avançar às semifinais da Copa do Brasil contra o Fortaleza, quarta-feira, também no Rio de Janeiro. O Colorado só voltará a campo dia 22, segunda, às 19h, contra o Avaí, na Ressacada.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

CHANCE LÁ... E CÁ
O confronto começou bem equilibrado com ambas as equipes tentando impor seus estilos de jogo. O Fluminense, por sua vez, buscava manter a posse de bola para tentar quebrar as linhas do adversário e, por pouco, não abriu o placar. Matheus Martins recebeu em profundidade e cruzou na área para Cano. O argentino finalizou, mas a bola tocou em Mercado e saiu pela linha de fundo.

O Internacional também conseguiu assustar e apostou em pressionar a saída de bola do Tricolor. Foi assim que nasceu a primeira chance colorada. O time carioca errou na saída de bola e na sequência da jogada, Manoel afastou da área, enquanto De Pena, de primeira, finalizou para fora.

PRESSÃO E BOLA NA TRAVE
Sem deixar o Fluminense jogar, a equipe gaúcha passou a pressionar e a enfileirar chances de abrir o placar. Na primeira delas, Wanderson disparou pela esquerda, passou por Nino, que escorregou, e finalizou forte na trave da meta de Fábio. Em seguida, após cobrança de escanteio, Johnny cabeceou para grande defesa do arqueiro tricolor.

FESTA COLORADA
Com muita pressão na saída de bola, o Internacional forçou mais um erro dos visitantes e conseguiu furar o bloqueio. Johnny recuperou a bola e tocou para Bustos avançar e soltar a bomba no fundo da meta de Fábio.

MUDANÇA NO TRICOLOR
Na volta do intervalo, Fernando Diniz colocou Felipe Melo em campo para tentar melhorar a saída de bola. Com isso, o Fluminense foi em busca do empate e avançou com seu estilo de jogo. Depois de uma cobrança de escanteio, Martinelli desviou de cabeça e Cano quase empatou.

OLHO NO VAR

Em rápida jogada de contra-ataque do Internacional, Alemão recebeu no meio e deixou Maurício na cara do gol para ampliar o placar no Beira-Rio. Contudo, Ramon Abatti Abel consultou o VAR e invalidou o tento, pois o camisa 35 estava impedido na origem da jogada.

AGORA VALEU
Cinco minutos após o gol anulado, o Colorado chegou novamente com perigo e voltou a balançar a rede. Wanderson dominou e, por cima da defesa tricolor, de um passe preciso para Alemão. O atacante chutou na saída de Fábio e ampliou o placar.

MAIS UM
No fim, os donos da casa ainda tiveram a chance de marcar o terceiro gol. Alan Patrick tocou em profundidade para Braian Romero, mas o arqueiro tricolor saiu bem e afastou o perigo. Em mais um erro na saída de bola, desta vez de Felipe Melo, o Internacional aproveitou, e De Pena finalizou no canto para sacramentar a vitória.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 3X0 FLUMINENSE
Data/Hora:
14/08/2022, às 19h
Local: Estádio Beira-Rio (RS)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Árbitro de vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Público: 14.824
Renda: R$ 653.069.00
Cartões Amarelos: Daniel (INT) / Marrony (FLU)
Cartões Vermelhos:

Gols: Bustos (35'/1T) (1-0) e Alemão (26'/2T) / De Pena (47/2T)

INTERNACIONAL (Técnico: Mano Menezes)
Daniel; Bustos, Gabriel Mercado, Vitão e Renê; Gabriel, Johnny (Liziero 38'/2T), Carlos de Pena e Maurício (Pedro Henrique 32'/2T); Wanderson (Alan Patrick 37'/2T) e Alexandre Alemão (Braian Romero 32'/2T)

FLUMINENSE (Técnico: Fernando Diniz)
Fábio; Samuel Xavier, Nino, Manoel (Felipe Melo - intervalo) e Caio Paulista; André, Martinelli e Paulo Henrique Ganso (Willian 24'/2T); Matheus Martins (Marrony 30'/2T), Jhon Arias (Nathan 12'/2T) e Germán Cano (John Kennedy 24'/2T)