Incidentes no Atletiba são julgados pelo STJD; confira as punições

Felipe Dalke / Coritiba


Jogo que foi disputado no dia 19 de junho, ainda pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atletiba que terminou com vitória por 1 a 0 do Furacão teve seus incidentes julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na última segunda-feira (25). Todas as decisões foram em primeira instância, cabendo recurso.

>Confira o ranking da IFFHS com os 10 melhores times do mundo

Na partida em questão, além da invasão de dois torcedores ao gramado do Couto Pereira bem como ofensas relatadas em súmula pelo árbitro Luis Flavio de Oliveira, o Athletico-PR foi julgado por ter demorado mais do que o permitido no retorno do intervalo.

Sobre a demora do Rubro-Negro, a equipe foi multada em R$ 3 mil enquanto os incidentes com torcedores renderam ao Coxa Branca uma multa no valor de R$ 11 mil.

Já em relação a Warley e Diego Porfírio, apenas o primeiro deles recebeu uma punição onde ficará suspenso por dois jogos. Ele teria dito ao árbitro da partida que ele "acabou com o jogo", além de peitar pelas costas Luiz Flávio, segundo relatou o próprio na súmula do confronto.

Diego foi julgado por conta da expulsão no clássico paranaense onde tomou o primeiro cartão aos 15 minutos do primeiro tempo e o segundo já aos 40 da etapa complementar. Entretanto, na acusação de possível agressão a Vitor Roque, o atleta do clube do Alto da Glória foi absolvido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos