Início de trabalho de Orlando Ribeiro agrada ao elenco do Santos

Orlando Ribeiro comandou o profissional do Peixe em dois jogos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


O técnico Orlando Ribeiro completou, nesta quinta-feira (22), 10 dias no comando do Santos. O treinador assumiu o lugar de Lisca, que deixou o clube após a derrota para o Ceará, fora de casa, por 2 a 1, e acertou com o Avaí um dia depois.

A forma com que Orlando Ribeiro lida com as situações do dia a dia é a maior "vantagem" do treinador em relação a Lisca. Calmo, Ribeiro vem passando confiança aos jogadores e, principalmente, tratando as situações rotineiras sem grande alarde.

O meia Gabriel Carabajal, contratado recentemente, perdeu a vaga no time titular no clássico contra o Palmeiras. Orlando explicou para o elenco o sentido das mudanças na escalação e deixou claro que a questão não é pelo jogador em si, mas pela questão tática.

Apesar de não descartar a efetivação de Orlando Ribeiro, o Peixe segue em busca de um treinador. Recentemente, o Santos conversou com o argentino Mauricio Pellegrino, de 50 anos, mas até o momento não formalizou nenhuma proposta. Vanderlei Luxemburgo também foi cogitado, mas rapidamente descartado pelo Comitê de Gestão.

Em sua estreia como técnico no profissional, o Santos foi derrotado para o Palmeiras neste domingo, por 1 a 0, em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro. Apesar dos elogios mesmo na derrota, Ribeiro desconversou sobre a possibilidade de ficar no cargo.

“Nós somos chamados para ser interino, então temos que trabalhar a cada dia, sem se preocupar em ser efetivado ou não. Interino e vamos trabalhar desta maneira”, disse Orlando Ribeiro.

O presidente Andres Rueda, do Santos, tinha o técnico Sebastián Beccacece, que deixou o Defensa y Justicia no último final de semana, como Plano A para assumir o lugar do técnico Lisca. O treinador, porém, sinalizou negativamente para negociação.

Na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro com 34 pontos, o Santos perdeu as últimas três partidas, diante Goiás, Ceará e Palmeiras. A última vez em que o Peixe sofreu três derrotas seguidas aconteceu entre o final de agosto e início de setembro da temporada passada.

O próximo duelo será contra o Athletico Paranaense, na próxima terça-feira (27), às 21 horas, na Vila Belmiro pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.. Os ingressos já estão sendo comercializados.