Imprensa internacional repercute morte de Leandro Lo: 'Dominava o mundo'

Leandro Lo foi morto no último mês pelo tenente da PM Henrique Velozo (Foto: Reprodução/Instagram)


A morte de Leandro Lo, campeão mundial de jiu-jitsu, repercutiu bastante na mídia internacional. Jornais de diversos países deram destaque ao lutador brasileiro, que foi assassinado na madrugada do último domingo, em São Paulo.

Os ingleses "The Sun" e "BBC" foram categóricos ao confirmar a perda de Lo. O primeiro escreveu, em letras maiúsculas, que o brasileiro era lendário e dominava o mundo do esporte desde o início da última década. Já o segundo, seguiu a mesma linha, e frisou que Leandro era um dos atletas mais bem sucedidos da história na categoria.

Já na Alemanha, o "Bild" afirmou que o mundo da luta está chocado com o que aconteceu no Brasil. Além disso, na Itália, a "Gazzeta Dello Sport" também elogiou bastante a carreira do brasileiro e o taxou como um dos melhores de todos os tempos.

+ PM acusado de atirar em Leandro Lo já foi condenado por incidente em boate

Portugal e Espanha também repercutiram a morte do brasileiro. O "A Bola" taxou o brasileiro como um dos maiores nomes do esporte, enquanto o "Marca" o colocou com um dos mais influentes lutadores de jiu-jitsu.

+ Conheça a trajetória do multicampeão de Jiu-Jitsu Leandro Lo, morto no último domingo


Leandro Lo foi assassinado na madrugada do último domingo, em uma boate em São Paulo. Segundo testemunhas, o campeão mundial recebeu um tiro na cabeça de Henrique Velozo, tenente da Polícia Militar (PM). O motivo do desentendimento entre os dois ainda não é 100% conhecido.